21.6 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 01 dezembro, 2021
InícioCENÁRIO AGROPlantio da safra de soja avança em Lucas do Rio Verde e...

Plantio da safra de soja avança em Lucas do Rio Verde e chega a 99% da área cultivável plantada

Chuvas ajudaram no avanço do plantio. Por outro lado, cuidados com lagartas devem ser redobrados
Por CenárioMT

O plantio da safra de soja em Lucas do Rio Verde avançou bem no mês de outubro. Quase 100% dos cerca de 235 mil hectares foram cultivados, segundo estimativa da Fundação Rio Verde. As chuvas que caíram entre o final de setembro e, principalmente, no início de outubro permitiram o avanço.

De acordo com o diretor executivo da FRV, Rodrigo Pasqualli, as chuvas mais localizadas favorecem o setor produtivo. “Não aconteceu de forma generalizada e isso gerou alguns bolsões de chuvas, influenciando o plantio. Teve lugar que o produtor conseguiu plantar porque choveu, mas teve lugar em que ele foi obrigado a esperar um pouco mais”, disse.

Em outros municípios próximos a Lucas do Rio Verde, como Itanhangá, Tapurah, Santa Rita do Trivelato e Nova Maringá, por exemplo, o plantio não segue a mesma velocidade. “Nestes municípios mais distantes do eixo da BR 163 tem algo em torno de 15% a 20% para ser plantado”, explicou Pasqualli.

O diretor executivo disse à reportagem de CenárioMT que há relatos de umidade significativa em toda a região. “Fazendo um comparativo com a safra anterior, estamos com uma média de precipitação de chuva equivalente ao final de dezembro de 2020. Então, este ano está bem melhor, bem mais propício para a agricultura, para o cultivo da soja, do que na safra passada”, comparou.

Orientações

Apesar do bom cenário para a agricultura, o diretor da Fundação Rio Verde orienta os produtores para observar o comportamento da lavoura neste período. Pasqualli observa a necessidade de cuidado na aplicação de herbicidas, fundamental neste momento.

“É importante estar atento ao horário de aplicação que o produtor está fazendo, o estudo de produtos que não compatíveis com outros produtos, tem que prestar atenção nestes detalhes e também em pragas”, pontuou.

Pasqualli informa que existem ocorrências de presença de lagartas em cultivares de soja mais sensíveis. “E temos ocorrência de ‘vaquinha’, que é um inseto que dá bastante dano folhar. Temos uma cultura em estabelecimento, que ela tá nova. Então, tem pouca área folhar e qualquer folha que perfurarem ou comerem vai ser significativo, um percentual muito grande por a planta estar em fase de estabelecimento”, alerta.

Celso Ferreira Neryhttps://www.cenariomt.com.br
É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.

Redes sociais

107,360FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,093SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Em Lucas
Polícia investiga furto de carga de materiais recicláveis avaliada em R$ 15 mil
novembro 30, 2021
SUSPEITO DO PÁLIO PRETO
Homem com diversas passagens é preso após roubo em Lucas do Rio Verde
novembro 30, 2021
EDUCAÇÃO
Assessoria Pedagógica de Lucas do Rio Verde será transformada em Núcleo Regional de Educação 
novembro 30, 2021
Lucas do Rio Verde
Celebrações de Ano Novo em Lucas do Rio Verde não serão realizadas por precaução sanitária
novembro 30, 2021