32.5 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 23 julho, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEMunicípio apura fato envolvendo liberação de moto apreendida da Guarda Municipal de...

Município apura fato envolvendo liberação de moto apreendida da Guarda Municipal de Lucas do Rio Verde

Situação teria ocorrido no feriado de Corpus Christi após a liberação de uma motocicleta apreendida pela GM
Por CenárioMT

Um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) foi instaurado pela Secretaria de Segurança e Trânsito de Lucas do Rio Verde para apurar a liberação de uma motocicleta apreendida pela Guarda Municipal. O PAD vai apurar a conduta de um servidor público lotado na Guarda Municipal que teria tornado público, de forma inadequada, documentos da liberação de uma motocicleta apreendida pela instituição. O caso aconteceu no feriado de Corpus Christi, no início do mês.

Na ocasião, um servidor da Secretaria de Segurança e Trânsito, identificado como adjunto da pasta, teria usado de sua influência para liberar uma motocicleta. O veículo teria sido apreendido por irregularidades.

O secretário de Segurança e Trânsito, Paulo Nunes, confirmou o ocorrido, mas adiantou que não houve irregularidade no procedimento do secretário adjunto. “Ele liberou o veículo e aí surgiu esta polêmica”, disse, acrescentando que ‘a legislação permite fazer isso’. “A lei permite a liberação desde que seja feita a correção e foi isso que aconteceu”, completou.

Sobre o PAD, Nunes comentou que serão apurados todos os fatos relacionados, inclusive a conduta do agente que expôs o ocorrido. “Liberou informações que são da própria gestão, da própria Guarda Municipal, são documentos que não podem ser repassados dessa forma”, relatou.

Repercussão

O caso repercutiu na Câmara de Vereadores durante a sessão ordinária desta segunda-feira (14). Os vereadores Márcio Albieri e Marcos Paulista cobraram providências a respeito. Albieri pediu que, se constatado irregularidades no procedimento, que haja punição. “Não podemos permitir que um servidor venha e desabone todo um trabalho feito pela Guarda Municipal”.

Paulista protocolou dois ofícios pedindo investigação para apurar o episódio. Ele cobrou punição em caso de falhas. “Eu conto com a assinatura de todos os vereadores (no ofício)”, pediu.

Líder do Executivo na Câmara, a vereadora Sandra Barzotto assegurou que não houve irregularidade. Ela citou que o município não conta com pátio para recolher veículos apreendidos, tão pouco guincho para o transporte. “Na GM não temos concessão para que os veículos fiquem lá. Só pra elucidar, as providências foram tomadas. A pessoa regularizou, voltou pra vistoria e as multas enviadas para o Detran-MT”, destacou.

- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Agentes da Vigilância Sanitária passam por capacitação em Lucas do Rio Verde
julho 23, 2021
PARCERIA ENTRE CLUBES
Atleta da base do LEC ganha oportunidade em parceria com o Grêmio/RS
julho 23, 2021