37.6 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 16 setembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDECanteiros centrais de Lucas do Rio Verde serão revitalizados

Canteiros centrais de Lucas do Rio Verde serão revitalizados

Palmeiras mortas e que apresentam riscos de acidentes serão retiradas
Por Redação CenárioMT com Assessoria

Com objetivo de evitar acidentes em vias e revitalizar os espaços públicos, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Obras, está fazendo um levantamento das árvores condenadas na cidade. O início dos trabalhos será com a retirada de palmeiras mortas dos canteiros centrais.

Segundo o secretário, eng. Alexandre Orbolato, serão retiradas palmeiras imperiais que, quando sem vida, podem oferecer risco de acidentes, cair em via pública, nas ciclovias, residências ou veículos.

A ação também serve para revitalização da cidade, uma vez que serão plantadas outras palmeiras nos locais em que forem retiradas. “Para essa ação nós vamos contar com o apoio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que vai ceder mudas para que a nossa equipe plante em todos esses locais que terão árvores retiradas”, explicou o secretário.

Mesmo sem vida, algumas dessas palmeiras podem abrigar ninhos de aves das mais diversas espécies, em especial, as araras. Antes de retirar a árvore, a equipe da Secretaria de Infraestrutura e Obras fará uma minuciosa inspeção para certificar de que não exista nenhum tipo de ninho feito no tronco da árvore, caso contrário, a mesma não poderá ser retirada.

“Nós faremos essa inspeção com muito cuidado para preservar qualquer ninho que a equipe encontrar. É importante destacar que se constatada a presença de aves e/ou ninhos, a árvore em questão, mesmo sem vida, não será retirada”, destacou Alexandre.

Para o biólogo da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Felipe Palis, a ação é importante para evitar acidentes. “A palmeira imperial tem fins paisagísticos na cidade e, quando ela perde essa função, não tendo nenhum outro propósito ambiental como, por exemplo, a presença de ninho ou presença de animais que façam algum tipo de interação naquele ambiente, então não há nenhum problema a substituição do indivíduo”.

Ainda, conforme o biólogo, diversos fatores podem afetar o desenvolvimento das palmeiras imperiais e deixá-las vulneráveis. “Além da questão do solo, umidade e ação predatória do homem, outros fatores podem condenar uma planta, que pode ser acometida inclusive por doenças. É possível identificar uma palmeira que já não está saudável pelo tombamento parcial ou total das folhas e o amarelamento, além de outros fatores”, explicou Palis.

A equipe responsável pela retirada das palmeiras deve passar pelas principais ruas e avenidas da cidade, em especial as avenidas Paraná, Rio Grande do Sul, Nações e Brasil, que concentram maior parte das árvores dessa espécie.

 

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,324FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,035SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Espaço para atendimento à mulher, criança, adolescente e idoso é inaugurado na Delegacia de Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Esporte inicia recuperação de gramado no campo do Jaime Seiti Fujii
setembro 16, 2021
SEGURANÇA PÚBLICA
Executivo consegue apoio para ampliar estrutura da Polícia Civil em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
SE DEU MAL
Em ação rápida, Guarda Municipal frustra roubo a residência de Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021