Foragido de alta periculosidade é morto em confronto com o GOE em Nova Ubiratã

Homem era procurado por crimes como extorsão, roubo, homicídios e organização criminosa.

Fonte: CenarioMT

Homem é morto a tiros em bar de Matupá (MT)
Foto: PJC/MT

Um foragido da justiça, conhecido por sua alta periculosidade e extensa ficha criminal, foi morto em confronto com o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil na manhã de hoje, sexta-feira (09), na região do Distrito de Entre Rios, em Nova Ubiratã (MT).

O homem, que respondia a inquéritos por crimes como extorsão, roubo, ocultação de cadáver, organização criminosa, incêndio e homicídios, entre outros, estava atuando na região de Feliz Natal, Sinop e Nova Ubiratã.

De acordo com o delegado João Lucas Wanick, as equipes da Polícia Civil, com apoio do GOE, estavam cumprindo um mandado de prisão contra o indivíduo.

A operação exigiu o deslocamento de duas equipes para uma área rural de Nova Ubiratã. O suspeito foi localizado em uma casa, onde já havia escapado anteriormente de confrontos com a Força Tática da Polícia Militar.

[Continua depois da Publicidade]

A perceber a aproximação da polícia, o criminoso, que estava armado com um revólver calibre 38, atentou contra a vida dos policiais, resultando no confronto.

O foragido foi baleado e acabou morrendo.

Além da arma de fogo utilizada pelo suspeito, as autoridades apreenderam cinco munições intactas e uma deflagrada no local do confronto. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso para os procedimentos legais.

O caso segue em investigação para apurar as circunstâncias do confronto armado, e a Polícia Civil ressalta a importância da ação coordenada para enfrentar criminosos de alta periculosidade na região.

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.