Feminicídio em Leverger: homem mata companheira com tiro por ciúmes

Crime aconteceu na noite de domingo (11) e foi motivado por crise de ciúmes, segundo o autor. Suspeito foi preso em flagrante e autuado por feminicídio.

Fonte: CenarioMT

Homem é morto a tiros em bar de Matupá (MT)
Foto: PJC/MT

Uma mulher de 25 anos foi assassinada a tiros pelo companheiro, de 30 anos, na noite de domingo (11), no Distrito de Caité, em Santo Antônio do Leverger, a 34 km ao sul de Cuiabá.

O crime aconteceu em uma fazenda, na zona rural da cidade, e foi motivado por ciúmes, segundo o autor.

De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada por volta das 20h20 via 190 para uma ocorrência envolvendo disparos de arma de fogo.

Populares relataram que uma briga de casal tinha resultado em morte e que o autor do crime, funcionário da fazenda, estava tentando tirar a própria vida e fazendo ameaças às testemunhas.

[Continua depois da Publicidade]

Quando a equipe chegou ao local, constatou os fatos. A vítima, identificada como Genislene Bento Freire, foi encontrada sem vida.

O suspeito estava em posse de uma garrucha ponto 22, de fabricação artesanal. Ele confessou o crime e disse que estava bêbado e, com ciúmes, atirou na esposa.

Diante dos fatos, o homem foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia da cidade, sendo autuado por feminicídio. O caso segue sob investigação.

Dados alarmantes

O feminicídio é o crime de ódio contra a mulher por razões da condição de sexo feminino.

Em 2023, foram registrados 1.318 feminicídios no Brasil, segundo o Monitor da Violência.

A cada 7 horas, uma mulher é assassinada no Brasil.

Onde buscar ajuda

Ligue 180: Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência

Ligue 190: Polícia Militar

Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM)

Combate ao feminicídio

É importante denunciar qualquer tipo de violência contra a mulher.

[Continua depois da Publicidade]

A sociedade precisa se conscientizar sobre a gravidade do problema.

As políticas públicas de combate ao feminicídio precisam ser fortalecidas.

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.