26.6 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 01 julho, 2022
Publicidade
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEEmpresa recebe autorização para construir ferrovia ligando Água Boa a Lucas do...

Empresa recebe autorização para construir ferrovia ligando Água Boa a Lucas do Rio Verde

O novo ramal deverá ser construído pela VLI Logística em uma extensão de 557 quilômetros
Texto por CenárioMT

Mato Grosso deverá ganhar mais uma ferrovia para agilizar o escoamento da produção agrícola nos próximos anos. A VLI Logística recebeu autorização para a construção do ramal ferroviário que vai interligar Água Boa a Lucas do Rio Verde.

O projeto da VLI prevê que o novo ramal terá 557 quilômetros de extensão, com foco no transporte de cargas como grãos, fertilizantes, farelo de soja, entre outras.

Mato Grosso é um Estado com dimensões continentais e investimentos com foco na logística são muito importantes para melhorar ainda mais o escoamento da produção do agronegócio. Somando aos investimentos feitos pelo Governo, com asfalto novo e recuperação de milhares de quilômetros de rodovias, além da construção da 1ª Ferrovia Estadual, Mato Grosso dará um salto em logística, melhorando a vida de toda a população”, afirmou o governador Mauro Mendes.

O contrato de adesão para o projeto de autorização foi assinado entre a VLI e o Ministério da Infraestrutura na terça-feira (28.12). Com o cumprimento desta etapa, a companhia realizará estudos de viabilidade, além de elaborar o projeto conceitual de engenharia para construção do trecho.

Também estão análise pelo Ministério pedidos para construção de ferrovias entre Lucas do Rio Verde a Sinop, solicitado pelas empresas Zion Real Estate e Garin Infraestrutura, Assessoria e Participações Ltda; Santa Rita do Trivelato a Sinop, Nova Mutum a Campo Novo do Parecis, Bom Jesus do Araguaia a Água Boa e Primavera do Leste a Ribeirão Cascalheira, solicitados pela Rumo; e Sinop a Moraes Almeida (PA), pela Zion Real Estate LTDA.

Iniciativa inédita

Em setembro, o Governo de Mato Grosso firmou contrato inovador para a construção da 1ª Ferrovia Estadual com a Rumo Logística S/A, que vai interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, conectando-se à malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP).

“A 1ª Ferrovia Estadual será fundamental para a ampliação e competividade do agronegócio. Além disso, será um corredor para a indústria. Vamos conectar Mato Grosso aos principais centros de consumo do sudeste”, destacou o governador.

A previsão é que todo o empreendimento demandará até R$ 11 bilhões e que as obras comecem em 2022, com a primeira etapa da obra concluída em 2025. Estão previstos 730 km de trilhos, facilitando o escoamento da produção de todo o médio-norte mato-grossense.

Estudos realizados pela Rumo Logística indicam que mais de 230 mil empregos serão gerados durante os anos de construção da ferrovia.

 

© CenárioMT
© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

SORTEIO
Segundo sorteio encerra Amor em Dobro da CDL de Lucas do Rio Verde
julho 01, 2022
Lucas do Rio Verde
Convênio firmado garante mais de R$ 2,5 mi para a agricultura familiar
junho 30, 2022
Lucas do Rio Verde
Sementes doadas para reflorestamento são plantadas pela Secretaria de Meio Ambiente
junho 30, 2022
Lucas do Rio Verde
Prefeito Miguel Vaz assina convênio com Estado para investimento de mais R$ 8 milhões em iluminação pública
junho 30, 2022