Primeiro dia de toque de recolher com início às 23h tem boa receptividade

Dois turnos de fiscalização garantem que comércio feche no horário determinado e isolamento social seja assegurado na madrugada

0

O primeiro dia do toque de recolher com início às 23 horas, nesta quarta-feira (5), ocorreu de forma satisfatória, graças ao planejamento da Secretaria Municipal de Ordem Pública, que dividiu os trabalhos de forma a acompanhar o período em que os estabelecimentos estão prestes a encerrar o atendimento ao público, às 22h, conforme prevê o Decreto nº 8.034.

Com a mudança, no período da noite, funcionam dois turnos de fiscalização: o primeiro, das 20h às 00h, conta com quatro equipes que percorrem todas as regiões de Cuiabá, verificando se o comércio como bares, restaurantes, comida de rua e distribuidoras de bebidas estão cumprindo o horário permitido. O segundo turno, que vai de 00h às 5h, segue com o toque de recolher que, nesta quarta-feira (5), ocorreu de forma tranquila. Devido à população já estar adaptada com a adoção da medida e não ter muitos registros de denúncias, as equipes foram reduzidas para duas, pois o turno anterior já passou pela maioria dos estabelecimentos.

Na quarta-feira, o turno das 20h às 00h fiscalizou pontos de grande movimentação, como a Praça Popular, onde dois estabelecimentos foram notificados. Um por não cumprir o distanciamento mínimo entre as mesas (que é de 2 metros) e não realizar aferição de temperatura corporal dos clientes na entrada. O outro também não respeitou o distanciamento mínimo entre as mesas.

No bairro Alvorada, um bar e distribuidora de bebida foi flagrado com grande aglomeração de pessoas na calçada e na rua, assistindo a uma partida de futebol na televisão, muitos sem máscara. O estabelecimento também foi notificado e todas as pessoas foram dispersadas pelos fiscais, que pediram compreensão devido ao período de pandemia da Covid-19 e perigo de contágio pelo coronavírus. A uma quadra dali, os fiscais também se depararam com outros três bares abertos minutos após às 22h e também com pessoas nas calçadas sem máscara, que foram dispersadas.

Em seguida, a ronda – composta por agentes de regulação e fiscalização da Secretaria de Ordem Pública, agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana e policiais militares – voltou para a Praça Popular, mas tudo já estava fechado.

Na avenida Agrícola Paes de Barros, próximo à Arena Pantanal, uma distribuidora de bebidas foi encontrada aberta e os fiscais utilizaram um alto falante para se comunicar com as pessoas e pedir que fossem para suas casas, o que foi atendido de maneira espontânea.

 

Leia também: Resultado das loterias de hoje (25/09/2020)


Amazonia 03 de Junho