30.5 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 14 junho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTCrianças haitianas atendidas por projeto fazem recital no fim de semana

Crianças haitianas atendidas por projeto fazem recital no fim de semana

Durante dois meses as crianças tiveram aulas de flauta doce e musicalização
Por CenárioMT

O projeto Aculturação Musical, selecionado no edital MT Nascentes, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), realiza no próximo domingo (23.05), às 16h, na sede do Instituto Ciranda – Música e Cidadania um recital de encerramento do projeto. Devido aos protocolos de prevenção a covid-19, o evento será restrito aos convidados e o uso de máscaras é obrigatório.

Proposto pela musicista e educadora musical Yndira Villarroel, o projeto atendeu crianças haitianas, residentes em Cuiabá. Yndira, que é venezuelana, idealizou o projeto especialmente para elas. Consciente do quanto esse processo de imigração pode deixar marcas profundas na vida dos pequenos Ela criou um espaço de confiança onde o idioma comum é a música.

Yndira lembra que ao anunciar o projeto com aulas gratuitas, muitas pessoas da comunidade de migrantes ficaram surpresas com a proposta. “Ficaram impressionados. Muitas vezes perguntavam se realmente era para eles. Sendo explicado que sim, que foi um projeto pensado para a comunidade haitiana e que o mais importante era o aproveitamento das atividades”.

Depois de dois meses de encontros, eles realizam o último nesta sexta-feira (21), um ensaio final para a apresentação aos familiares. Yndira conta que ao executarem o repertório, farão “um passeio pela paisagem sonora que remonta às origens haitianas”. O percussionista moçambicano Hermínio Nhantumbo fará uma participação especial no recital.

As aulas foram oferecidas às sextas-feiras, sob a condução da professora Jéssica Gubert (flauta doce) e Yndira (musicalização). Como convidados o projeto Aculturação Musical recebeu Thieres Brandini (violoncelo), Leonnid Paniago, Rodrigo Dal Cortivo (flauta transversal), Laerte Tavares (oboé), Rute Oliveira (fagote), Murilo Alves (saxofone), Flávio Silva (Trompete), Alaécio Martins (Trombone) e Wender Couto (percussão).

Yndira explica que o recital será uma mostra do que as crianças aprenderam durante as aulas. “Elas vão mostrar um pouco do que aprenderam. Elas tiveram acesso a conteúdos diversos. Apresentamos instrumentos de orquestra, mas focamos no aprendizado da flauta doce. A propósito, elas foram presenteadas com este instrumento, pois assim, puderam praticar o conteúdo das aulas em casa”, ressalta Yndira.

E o projeto, segundo Yndira, não só marcou a vida das crianças, como pode tê-las estimulado a seguir na música. Dos participantes do projeto, dez deles se matricularam como aluno no Instituto Ciranda – Música e Cidadania, nas classes de violino, trompete, percussão e musicalização.

“Todos tiveram a oportunidade de obter uma vaga para continuar fazendo aulas de música, porém, agora com o foco do instrumento selecionado e indicado em alguns casos, recebendo em caráter de empréstimo o instrumento e o material para as aulas. Isto produz na vida deles e de suas famílias um sentimento de pertencimento, além de alcançar os objetivos da proposta”.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Concurso cultural junino premiará poesias, fotos e desenhos em Lucas do Rio Verde
junho 14, 2021
PODER LEGISLATIVO
Com pauta cheia, Câmara de Lucas do Rio Verde aprova RGA e nome definitivo ao Bom Jesus
junho 14, 2021