Projeto que proíbe trilhos de ferrovias em núcleo urbano é aprovado em Mato Grosso

Fonte: CENÁRIOMT

ferrovia
Foto: Ricardo Botelho/MT

Na tarde desta terça-feira (14), a Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte realizou sua primeira reunião ordinária, analisando um total de 17 projetos. Dentre as matérias discutidas, 14 receberam parecer favorável, incluindo o Projeto de Lei (PL) nº 2262/2023, de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSD).

O PL propõe tornar obrigatória a construção de bibliotecas públicas ou comunitárias nos conjuntos habitacionais construídos pelo Poder Executivo do estado.

Outra matéria que recebeu parecer favorável foi o PL nº 49/2024, que busca proibir a passagem de ferrovias por perímetros urbanos. O objetivo é proteger a população residente nessas áreas dos transtornos causados pela proximidade das ferrovias.

Durante o encontro, também foi aprovado um requerimento oral para solicitar informações sobre o andamento das obras do BRT (Bus Rapid Transit), modal de transporte proposto pelo governo estadual para atender Cuiabá e Várzea Grande.

[Continua depois da Publicidade]

O presidente da Comissão de Infraestrutura, avaliou a reunião como positiva, destacando a participação e o debate construtivo dos membros. Os projetos discutidos visam atender aos interesses e necessidades da população mato-grossense, promovendo o desenvolvimento e a qualidade de vida no estado.

Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).