23.3 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 05 março, 2021
Início CENÁRIO AGRO Começa nesta sexta-feira a comercialização de alevinos na Estação de Piscicultura da...

Começa nesta sexta-feira a comercialização de alevinos na Estação de Piscicultura da Empaer

Serão comercializados alevinos medindo de três a cinco centímetros por R$ 300 o milheiro, de cinco a oito por R$ 350 e de oito a dez centímetros por R$ 400.
Por CenárioMT

Nesta sexta-feira (19), começa a primeira venda do ano de alevinos de tambacu e tambatinga e pirapicu na Estação de Piscicultura da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), no município de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá). O chefe da Estação, Francisco de Souza Filho, informa que serão comercializados alevinos medindo de três a cinco centímetros por R$ 300 o milheiro, de cinco a oito por R$ 350 e de oito a dez centímetros por R$ 400.

Francisco informa que no primeiro dia de comercialização serão oferecidos aos agricultores alevinos medindo de três a cinco centímetros. No decorrer do próximo mês serão vendidos alevinos de diversos tamanhos para recria e engorda em cativeiro. A previsão é comercializar 500 mil alevinos durante cinco meses (fevereiro a junho). Ele explica que a comercialização será realizada somente nas sextas-feiras, no período da manhã, começando às 07h e encerrando-se às 15h.

Devido a pandemia do novo coranavírus (Covid-19), os piscicultores estão sendo orientados a fazer reserva antecipada para compra de alevinos, facilitando o atendimento e garantindo os peixes pelos telefones (65) 99606 0281 e 98414 4001. Durante a entrega são repassadas orientações desde os cuidados com a soltura dos alevinos nos tanques ou represas até o abate. O transporte dos alevinos é por conta do comprador.

O chefe da Estação salienta ainda que compras acima de cinco mil unidades de alevinos devem ser agendadas com um dia de antecedência para que não haja atraso na comercialização, já que a procura é grande, e separar essa quantidade pode aumentar muito o tempo de espera dos demais produtores.

Após serem embalados, os alevinos sobrevivem por apenas 5 ou 6 horas durante o transporte até a propriedade. Cuidados como esses garantem uma boa produção e, consequentemente, um retorno maior. Segundo Filho, a previsão de vendas para este primeiro dia é de 50 mil unidades de alevinos, sendo as espécies tambacu e tambatinga e pirapicu.

Para os compradores, Francisco avisa que em Mato Grosso é obrigatório o uso de máscara dentro de estabelecimentos públicos e privados como forma prevenção ao contágio da Covid-19.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

FLEXIBILIZAÇÃO
Prefeito Miguel Vaz vê benefícios com flexibilização, mas alerta sobre cuidados preventivos
março 05, 2021
SEGUE NA UTI
Lucas: Familiares mantêm confiança na recuperação de homem vítima de tentativa de homicídio
março 05, 2021