Campanha Juntos Somos Mais arrecada mais de 228 toneladas de doações para o RS

Fonte: Assessoria / Fernanda Nazário

Doacoes08

A Campanha Juntos Somos Mais já arrecadou mais de 228 toneladas de doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Foram encaminhados ao Estado carretas com água, roupas, alimentos, cobertores e colchões que proporcionarão alívio às comunidades severamente afetadas pela recente calamidade natural.

Do total arrecadado, 130 toneladas e 300 colchões já chegaram no RS. Outras 50 toneladas de donativos serão enviadas ao estado nesta sexta-feira (17.05). Os materiais são recebidos pelo Banco Social da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), responsável pela distribuição à população gaúcha.

A campanha ‘Juntos Somos Mais: Um Elo de MT pelo RS’ é uma iniciativa do Sistema Fiemt, que coordena a logística da ação, em parceria com a TV Centro América, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecormércio) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Sistema Famato), com apoio da Fundação André e Lucia Maggi e o Instituto Canopus.

15arrecadacao da campanha juntos somos mais um elo de mt pelo rs scaled

Ação uniu a indústria de Mato Grosso e comunidade em um só proposito, ajudar os mais necessitados. Entre as empresas que já doaram estão Barralcool, Usina Itamaraty, Água Puríssima, Solar Coca-Cola, Construtora Atrativa, Instituto Mário Cárdi, Abrigo Bom Jesus, além da Brado e Rumo, que auxiliam na logística dos materiais.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O presidente do Sistema Fiemt, Silvio Rangel, destaca a união dos esforços no cumprimento do objetivo da iniciativa. “Os principais beneficiados com esse espírito solidário e de unidade são nossos irmãos no Rio Grande do Sul. Eles enfrentam a maior enchente da história do estado e todo gesto de amor materializado em doações ajudará a minimizar a dor. Nosso compromisso é garantir que a ajuda necessária chegue o mais rápido possível”, pontua.

Doações continuam

As doações para o estado gaúcho continuam. As cidades foram devastadas pelas chuvas. A população também enfrenta frio com temperaturas que variam, nesta semana, entre 6° e 18°, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). De acordo com o Banco Social do RS, a lista de itens mais necessários no momento inclui cestas básicas de 15 ou 20 quilos, roupas de cama, colchões, travesseiros, cobertores, toalhas, kits de higiene e água potável.

O Sistema Fiemt estabeleceu 18 pontos de coleta no estado, localizados em todas as unidades do Sesi e Senai, além do Instituto Senai de Tecnologia (IST), facilitando a participação das indústrias e do público em geral.

Para mais informações, as indústrias podem entrar em contato com a assessoria institucional da Fiemt, por meio do senhor José Carlos Dorte. Ele está disponível para fornecer orientações, esclarecer dúvidas e oferecer suporte em questões relacionadas à campanha.

Além do suporte com itens de necessidade, a campanha também aceita contribuições financeiras através do endereço financeiro@bancossociais.org.br, utilizando a chave Pix para facilitar as doações.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.