Agentes impedem fuga de 27 homens da Cadeia Pública de Barra do Garças

Durante procedimento de inspeção na cela, os profissionais encontraram perfurações na parede que dá acesso à rua

0
- Foto por: Sistema Penitenciário/MT

Servidores da Cadeia Pública de Barra do Garças (a 516 km de Cuiabá) impediram a fuga de pelo menos 27 homens que cumprem pena na unidade. A ação aconteceu no início da manhã de segunda-feira (20.07), durante procedimento de inspeção na cela. Em uma das paredes foram encontradas marcas de perfuração na última barreira de acesso á rua, com tamanho de 60 cm de largura por 40 cm de altura.

Segundo o diretor da unidade, Maykon Brasil, o trabalho de vistoria nas celas é uma atividade contínua dentro da Cadeia. Na semana passada, por exemplo, durante inspeção foram apreendidos objetos pontiagudos que são utilizados para fazer buracos nas paredes.


-Continua depois da publicidade ©-

“Os internos precisariam de 12 a 16 horas a mais para finalizar a abertura do buraco. Acredito que a fuga seria no período noturno, pois tem presença reduzida de pessoas nas ruas. Os presos desta cela são considerados de alta periculosidade e alguns já foram condenados a 30 anos de prisão”, destaca

Ainda segundo Maykon, o material utilizado para furar as paredes são os ferros que compõem a estrutura da cama de concreto. “Eles vão furando até conseguir retirar o objeto que é pontiagudo”.

Os recuperandos vão responder processo disciplinar por violação das normas internas da unidade e da Lei de Execução Penal, podendo receber sanção disciplinar que vai desde advertência a suspensão e restrição de direitos.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (23/09/2020)


Amazonia 03 de Junho