Adolescente grávida é vítima de coação e ameaças pelo namorado em Juína

As investigações iniciaram após os pais da vítima denunciarem o caso à Delegacia de Juína.

Fonte: CenarioMT

As investigações iniciaram após os pais da vítima denunciarem o caso à Delegacia de Juína.

Um jovem de 21 anos foi preso pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (31), em Sapezal, a 735 km de Cuiabá. Ele é suspeito de coagir e ameaçar a namorada, uma adolescente de 15 anos grávida, para que se afastasse dos pais.

As investigações iniciaram após os pais da vítima denunciarem o caso à Delegacia de Juína. Eles relataram que a filha estava morando com o namorado contra a vontade deles e que o suspeito impedia o contato da família com a adolescente.

A menor, que já estava grávida, não realizava os devidos exames pré-natais. Em um momento, ela foi autorizada pelo suspeito a ir à Juína, onde foi ouvida pela Polícia Civil. Na ocasião, a adolescente negou estar sendo ameaçada pelo namorado e afirmou que estava com ele por vontade própria.

No entanto, durante as investigações, a Polícia Civil encontrou indícios de que o suspeito coagia a vítima para que ela mentisse sobre as ameaças. Além disso, o jovem também passou a ameaçar os familiares da adolescente.

O inquérito policial foi concluído na quarta-feira (29), com o indiciamento do suspeito pelos crimes de descumprimento de medida protetiva e ameaça. Em interrogatório online, o jovem negou todas as acusações e mentiu sobre sua localização, afirmando estar em Tangará da Serra.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com a ordem de prisão em mãos, os policiais de Juína se deslocaram para Tangará da Serra, mas descobriram que o suspeito estava na verdade em uma fazenda em Sapezal. Lá, o mandado de prisão foi cumprido e o jovem foi colocado à disposição da Justiça.