3ª Conferência discute elaboração de políticas públicas voltadas a pessoas com deficiência em Lucas do Rio Verde

Evento está sendo realizado no auditório da Prefeitura Municipal e deve ser encerrada no período da tarde

Fonte: CenárioMT

3 Conferencia Pessoa com Deficiencia 5

Dezenas de pessoas participam, nesta quinta-feira (21), da 3ª Conferência da Pessoa com Deficiência em Lucas do Rio Verde. O evento é realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD), com apoio da Prefeitura Municipal e outras instituições do município.

Na abertura, representantes de entidades falaram sobre o objetivo do evento, de discutir a elaboração de políticas públicas. A presidente do CMDPD, Weylla de Souza, disse que a conferência representa muito, pois ela acontece a cada dois anos, mas em 2022 não foi realizada por conta da pandemia de covid-19. “Que a gente possa ouvir as pessoas e ter novas ideias para poder levar para o Estado projetos de lei, novas ideias, o que é possível melhorar. Esse é o momento em que a gente vai poder ouvir a população, quais os anseios dela e também trazer pra o município melhorias”.

A secretária de Assistência Social, Janice Ribeiro, disse que ainda há muito a avançar na defesa e garantia de direitos, além de debater e propor novas políticas públicas. Janice lembrou que desde o início da semana várias estão ocorrendo em Lucas do Rio Verde com a intenção de procurar despertar a conscientização na sociedade. “Pra que juntos, a sociedade civil organizada conosco, Poder Público, a gente possa olhar com carinho pras políticas públicas e realmente fazer a diferença na vida das nossas pessoas com necessidades especiais”, disse.

O prefeito Miguel Vaz participou da abertura e destacou a importância da realização da conferência e participação de entidades do município. “Momento importante para debater e tirar daqui as nossas ações e sugestões para que seja levado ao Estado de Mato Grosso e depois para o Brasil”, comentou o gestor, citando que há muitas ações em andamento e que buscam a melhoria na qualidade de vida. “Temos grandes desafios e que demandam muito trabalho pra administração pública na educação, esporte, acessibilidade, enfim, ações em que o poder público deve ser exemplo e ter um plano de ação bem estruturado pra que as pessoas possam ter os direitos preservados e a oportunidade que elas devem ter”.

A atleta especial, Vitória Cristina Jorge Gonçalves, foi aplaudida de pé após falar na abertura. Recentemente ela representou Lucas do Rio Verde em evento nacional e falou sobre as dificuldades que enfrentou quando começou praticar esporte aos 8 anos. Apesar dos obstáculos, Vitória considerou a iniciativa importante. “Foi muito bom para mim. Aos poucos eu fui me adaptando, acostumando e quando eu completei 11 anos de idade participei da Paralimpíadas Escolares”, relatou, citando que teve conquistas como atleta de lançamento de dardo e arremesso de peso. Vitória Cristina disse esperar que outras pessoas tenham oportunidade e que busca incentivar a todos a praticar esporte. “Nós podemos romper barreiras”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Palestrante

Vereadora e Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Pessoa com Deficiência da Câmara Municipal de Cuiabá, Maysa Leão foi a palestrante da conferência. Ela também é representante da AMAND-MT (Associação dos Amigos dos Autistas Neurodiversos e Pessoas com Doenças Raras) e observou que esta é apenas a quinta conferência no Brasil. “É tão pouco pra tudo o que a gente precisa avançar e a gente sabe que Lucas faz questão de fazer todo ano”, pontuou.

Maysa reforçou que a pessoa não precisa ter um familiar ou ser uma pessoa com deficiência para ‘abraçar a causa’. “Se a gente fala de uma sociedade justa, igualitária, equânime, de uma sociedade onde há empatia, onde há amor, tudo isso que a gente tanto busca, ela só vai existir se a gente aprender a incluir”, ressaltou.

A palestrante fez questão de mostrar um cordão que carrega o tempo todo consigo, que ‘reúne’ todos os tipos de deficiência. “Todas as pessoas com suas habilidades e condições pra me lembrar todo dia que é uma decisão. Decida incluir em seu coração”, concluiu.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.