26.2 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 27 setembro, 2021
InícioECONOMIATem início nova fase do Open Banking no Brasil

Tem início nova fase do Open Banking no Brasil

Clientes poderão solicitar o compartilhamento de dados e informações sobre transações e serviços contratados em instituições financeiras
Por CenarioMT

Foi iniciada nesta sexta-feira (13), pelo Banco Central, a segunda fase do Open Banking no Brasil. Nessa nova etapa, os clientes poderão solicitar o compartilhamento de dados cadastrais, de informações sobre transações em suas contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados em instituições financeiras. Na primeira fase, foram os bancos que integraram seus dados.

O compartilhamento ocorre apenas se a pessoa autorizar, sempre para finalidades determinadas e por um prazo específico. E será possível para o cliente cancelar essa autorização a qualquer momento, em qualquer das instituições envolvidas.


--Continua depois da publicidade--

“A decisão de compartilhamento é do cliente. Ele tem o total e pleno direito de usar sua informação. Ele tem que ver um benefício nesse compartilhamento e consentir”, explicou o chefe do departamento regulação do sistema financeiro do Banco Central, João André Pereira. O compartilhamento de dados pode ser feito pelo cliente nos canais digitais das instituições.

Serão compartilhadas entre instituições participantes os dados cadastrais, informações sobre transações em contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados. Participam do Open Banking apenas instituições reguladas, autorizadas e supervisionadas pelo Banco Central.

De acordo com o Banco Central, os benefícios para os clientes é que eles poderão receber ofertas de produtos e serviços mais adequados ao seu perfil, a custos mais acessíveis e de forma mais ágil e segura. Também poderão surgir soluções mais personalizadas de gestão e de aconselhamento sobre finanças pessoais, por exemplo.

“O Open Banking é uma rede segura de informações dentro do sistema financeiro. Você vai construir o seu próprio banco, escolhendo os melhores produtos para você”, explicou o chefe-adjunto do departamento de tecnologia da informação do Banco Central, Aristides Cavalcante.


--Continua depois da publicidade--

Cronograma da segunda fase do Open Banking

13 de agosto e 12 de setembro: poderão ser compartilhados dados cadastrais.
13 de setembro a 26 de setembro: dados cadastrais + dados de transações relacionadas às contas corrente, de poupança e pré-pagas
27 de setembro a 10 de outubro: todos os dados anteriores + dados de transações relacionadas a cartão de crédito e operações de crédito (como financiamentos e empréstimos)
11 de outubro a 24 de outubro: todos os dados cadastrais e transacionais anteriores

O que é o Open Banking

O Open Banking, ou sistema financeiro aberto, é a possibilidade de clientes de produtos e serviços financeiros permitirem o compartilhamento de suas informações entre diferentes instituições autorizadas pelo Banco Central.

É um serviço criado para simplificar as relações entre bancos e clientes, padronizar o processo de compartilhamento de dados no Sistema Financeiro Nacional, ampliar a competitividade e baratear serviços.

Com funciona atualmente

Hoje, uma instituição não tem acesso a informações sobre o relacionamento do cliente com outra, então, tem dificuldade de competir por esse cliente com melhores serviços.

Como fica com o Open Banking

Depois da permissão do correntista, as instituições se conectam diretamente por meio de plataformas e acessam os dados autorizados pelos correntistas. Um banco poderá compartilhar com outro se aquele cliente é um bom pagador e se usa ou não o cheque especial.

Ou seja, as informações pessoais de um cliente, que são tão valiosas, poderão ser usadas de modo a favorecer e beneficiar o próprio cliente.

Fases de implantação

O Open Banking está sendo implantado de forma gradual, em quatro etapas. A terceira etapa deve ser iniciada no dia 30 deste mês. Nessa fase, surge a possibilidade de compartilhamento dos serviços de iniciação de transações de pagamento e de encaminhamento de proposta de operação de crédito. A primeira forma de pagamento será com PIX.


--Continua depois da publicidade--

Demais como TED, pagamento de boletos e pagamento com débito em conta ocorrerão de forma gradual até setembro de 2022.

A quarta fase, com início previsto para 15 de dezembro, prevê o compartilhamento de informações sobre produtos de investimentos, previdência, seguros, câmbio, entre outros, ofertados e distribuídos no mercado.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,348FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,041SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

chegada dos trilhos em Lucas
Lucas do Rio Verde poderá se tornar grande centro tecnológico, afirma Marino Franz
setembro 27, 2021
Confira programação!
Covid-19: Confira quem está sendo vacinado em Lucas do Rio Verde nesta semana
setembro 27, 2021
Câmara de Lucas do Rio Verde aprova cessão estrutura de comunidade rural para empresa que constrói usina hidrelétrica
setembro 27, 2021
Lucas do Rio Verde
Creche Anjo da Guarda será ampliada em Lucas do Rio Verde
setembro 27, 2021