Caixa suspende por um ano pagamento de consignado para hospitais gaúchos

Entidades, filantrópicas ou não, podem solicitar suspensão. Banco também alonga para até 12 anos prazo de pagamento para pessoas físicas afetadas pela tragédia

Fonte: AgênciaGov

Caixa suspende por um ano pagamento de consignado para hospitais gaúchos - Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa anunciou medidas extraordinárias para auxiliar no alívio financeiro da população flagelada no Rio Grande do Sul. No produto Caixa Hospitais, o banco disponibiliza a possibilidade de interrupção do pagamento de empréstimos de hospitais filantrópicos e não filantrópicos gaúchos por até 12 meses. Para os municípios com decretação de calamidade ou de estado de emergência, o prazo de suspensão pode chegar até 18 meses.

Para ter acesso à suspensão dos pagamentos o hospital deve entrar em contato com uma agência da Caixa. Além disso, as unidades que adquirirem novos empréstimos terão carência de seis meses. A estimativa é que a carteira impactada seja de R$ 420 milhões.

Para pessoas físicas, o banco amplia para até 144 meses o prazo para pagamento do empréstimo consignado para clientes de municípios afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul. A margem consignável do produto também passa para até 40% da renda e clientes poderão contratar ou renovar seus contratos com carência de até 6 meses para pagamento da 1ª parcela. As condições são válidas mediante adesão da convenente aos novos parâmetros.

Medidas de apoio

A CAIXA anunciou medidas de apoio aos municípios do Rio Grande do Sul afetados pelas fortes chuvas e enchentes. Serão enviados à região especialistas nas áreas de Habitação, FGTS e Governo para prestar apoio técnico às prefeituras e auxiliá-las em providências que possam ajudar a população.

[Continua depois da Publicidade]

Para o Saque Calamidade do FGTS, o banco está auxiliando as prefeituras para que o processo de liberação dos valores aos trabalhadores seja iniciado.

De acordo com o Decreto 5.113/2004, para habilitação ao saque do FGTS, é necessário que o município em estado de calamidade pública ou situação de emergência, devidamente reconhecidos por Portaria do Governo Federal, apresente à CAIXA a declaração das áreas afetadas pelo desastre.

Após a liberação, a população poderá realizar o saque do FGTS pelo celular por meio do aplicativo FGTS, de forma fácil e rápida, sem a necessidade de comparecer a uma agência. Em dez municípios, o saque já foi disponibilizado.

A Caixa também preparou facilidades para clientes que optarem pela contratação de um novo crédito. Foram reduzidas as taxas de juros e disponibilizadas carências para contratação de financiamentos, com maiores prazos para pagamento no crédito consignado, capital de giro, entre outras modalidades.

Seguros

A Caixa Seguridade presta apoio aos moradores dos municípios atingidos pelas chuvas. Dentre as ações adotadas, destacam-se:

  • Central de atendimento (sinistros e assistência) com equipe reforçada;
  • Fluxo facilitado para acionamento de sinistro, com documentação simplificada, proporcionando celeridade no atendimento;
  • 1% do valor arrecadado com a contratação de seguro residencial em todo o país, no período de 3 a 10 de maio, será direcionado para doação às famílias de baixa renda atingidas pelas chuvas;
  • 1% do valor arrecadado com a contratação do Rapidex do Bem em todo o país será direcionado para instituições sem fins lucrativos que prestam suporte às famílias atingidas;
  • Além disso, a Caixa Consórcio e a Caixa Capitalização realizarão doações à ONG Moradia e Cidadania, para apoiar as famílias atingidas.

Centrais de atendimento

  • Caixa Residencial – para contratações até 14/02/21: serviço de assistência e sinistros. Atendimento pelo 0800 722 2492;
  • Caixa Residencial – para contratações após 14/02/21: serviço de assistência, com atendimento 24 horas: 0800 722 4926. Para sinistros: 0800 722 4923.
  • Caixa Vida e Previdência: serviço de assistência e sinistros: 0800 722 2492

A CAIXA oferece diversos canais de atendimento para maior comodidade de seus clientes, como o Alô CAIXA, pelo 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 104 0104 (demais regiões), Internet Banking CAIXA e os aplicativos CAIXA Tem, Habitação CAIXA, FGTS, dentre outros.

Todas as opções podem ser consultadas no site da Caixa .

CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.