Polícia Federal vai investigar irregularidades em acordos da Lava Jato

Ministro Flávio Dino encaminhou determinação à PF

Fonte: Sabrina Craide – repórter da Agência Brasil - Brasília

Brasília, (DF) – 18/09/2023 – Entrevista coletiva sobre Operação Shamar, ministro da Juatiça, Flávio Dino, Foto Valter Campanato/Agência Brasil.
Brasília, (DF) – 18/09/2023 – Entrevista coletiva sobre Operação Shamar, ministro da Juatiça, Flávio Dino, Foto Valter Campanato/Agência Brasil.

A pedido do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, vai encaminhar à Polícia Federal uma determinação para investigar a origem e o destino do dinheiro oriundo dos acordos de delação e leniência firmados na Operação Lava Jato.

“É um imperativo legal, se eu recebo um documento oriundo do CNJ com a narrativa de crimes, eu sou obrigado a mandar para a polícia judiciária para que ela proceda à investigação”, explicou. Ele disse que recebeu nesta segunda-feira (18) um ofício do Corregedor Nacional de Justiça, ministro Luís Felipe Salomão, sobre os indícios de irregularidades.

O Corregedor também sugere a criação de um grupo de trabalhob (GT) com instituições do poder executivo para analisar a situação dos depósitos judiciais. Segundo Dino, será feita uma consulta aos órgãos do poder executivo para verificar a possibilidade de realização do GT.

[-CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE-]

Na semana passada, o relatório parcial de inspeção realizada pelo CNJ na 13ª Vara Federal em Curitiba apontou que os acordos eram homologados pela vara sem todos os documentos necessários, como a apresentação das circunstâncias da celebração e as discussões ocorridas entre as partes.

Edição: Denise Griesinger

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.