Deputada Amália Barros morre aos 39 anos em São Paulo

Fonte: CenárioMT

Deputada Amália Barros
Deputada Amália Barros

Aos 39 anos, a deputada federal Amália Barros (PL-MT) faleceu, conforme anunciado na madrugada deste domingo (12) em suas redes sociais. Ela ocupava o cargo de vice-presidente do PL Mulher Nacional.

Amália estava hospitalizada desde o dia 1º de maio para a remoção de um nódulo no pâncreas, encontrando-se em estado grave e sob cuidados intensivos no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde veio a óbito.

Além da cirurgia para a retirada do nódulo, a parlamentar também passou por um procedimento de drenagem das vias biliares para remover o excesso de líquido biliar no fígado. Horas antes de seu falecimento, estava prevista uma nova cirurgia para tratar complicações hepáticas.

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, durante um evento do PL Mulher em Sergipe, solicitou orações para Amália no sábado.

[Continua depois da Publicidade]

Amália, nascida em 22 de março de 1985 em Mogi Mirim, São Paulo, era graduada em jornalismo. Aos 20 anos, perdeu a visão do olho esquerdo devido a uma infecção por toxoplasmose, passando por diversas cirurgias até a remoção do olho em 2016, quando começou a utilizar uma prótese ocular.

Em 2021, deu nome a uma lei sancionada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que classifica a visão monocular como deficiência sensorial, conferindo aos portadores os benefícios previstos na legislação da pessoa com deficiência.

Nas eleições de 2022, recebeu mais de 70 mil votos dos mato-grossenses, tornando-se vice-presidente do PL Mulher Nacional, atualmente presidido por Michelle Bolsonaro.