Preços da laranja seguem em alta mesmo com demanda em queda

Fonte: CenárioMT

laranja

Os preços da laranja continuam subindo, apesar da queda na demanda causada pelas temperaturas mais baixas. Pesquisadores do Cepea destacam que a baixa disponibilidade da fruta para o mercado in natura mantém as cotações elevadas.

Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a laranja pera na árvore teve uma média de R$ 86,99 por caixa de 40,8 kg, representando um aumento de 2,75% em relação ao período anterior.

Por outro lado, a qualidade limitada das frutas disponíveis da lima ácida tahiti está afastando compradores, o que pressiona os preços para baixo. Entre segunda e quinta-feira, essa variedade foi negociada a R$ 30,64 por caixa de 27 kg, colhida, registrando uma queda de 13,32% em relação à semana anterior.

A alta nos preços da laranja, mesmo com a demanda reduzida, reflete a oferta limitada no mercado. Já a pressão sobre os valores da lima ácida tahiti devido à qualidade das frutas aponta para um cenário desafiador para os produtores dessa variedade.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.