27.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 13 agosto, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO AGROCrédito rural do BB chega a R$ 254 bi no primeiro trimestre...

Crédito rural do BB chega a R$ 254 bi no primeiro trimestre de 2022

De acordo com o presidente do BB, Fausto de Andrade Ribeiro, o valor superou as expectativas da instituição. Andrade Ribeiro é o entrevistado do Brasil em Pauta.
Texto por EBC  - Brasília

O Banco do Brasil (BB) é o principal financiador da agricultura e pecuária nacionais, respondendo por mais de 50% do crédito rural do sistema financeiro. O volume da carteira de crédito agro do banco chegou a R$ 254,6 bilhões no primeiro trimestre de 2022, um crescimento de 28% em relação ao mesmo período da safra anterior. O presidente do BB, Fausto de Andrade Ribeiro, falou sobre este e outros assuntos em entrevista ao programa Brasil em Pauta, que vai ao ar neste domingo (26), na TV Brasil.

“Nós tínhamos uma expectativa de uma carteira em torno de R$ 250 bilhões até o final da safra, nós já superamos esse valor: está em R$ 254 bilhões, posição em março, e crescendo. A posição até junho provavelmente deve ser um pouco maior do que isso. Em relação à safra 21/22, a programação inicial era de R$ 145 bilhões, dos quais praticamente todo esse valor já foi empregado na safra agrícola 21/22 por parte do Banco do Brasil”, disse Ribeiro.


--Continua depois da publicidade--

No que diz respeito à safra 22/23, segundo o presidente do BB, o financiamento deve aumentar. “A gente vem conversando muito com o governo federal, principalmente no Ministério da Agricultura e Ministério da Economia. Com a previsão do incremento da nossa safra, pelo menos entre 20% a 30%, nós estamos falando aí entre R$ 175 bilhões a R$ 190 bilhões que devem ser empregados pelo Banco do Brasil na safra 22/23”, disse. “O cenário é muito positivo para o homem do campo, o que a gente precisa é fazer chegar esse dinheiro no tempo adequado porque a safra não espera”.

Manutenção do emprego

Durante a entrevista, Ribeiro também detalhou a participação do Banco do Brasil em medidas do governo federal para conter os efeitos da covid-19 na economia.

De acordo com o presidente do BB, milhares de empregos foram mantidos no Brasil durante a pandemia por meio do apoio do banco às micro e pequenas empresas brasileiras, no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). “O Pronampe é um dos programas brasileiros que mais incentivou a manutenção do emprego. A gente costuma dizer que os nossos empréstimos, que somaram mais de R$ 15 bilhões, salvaram pelo menos 3 milhões de empregos no Brasil”, destacou.

O programa foi criado pelo governo federal em 2020 para ajudar os micro e pequenos empresários durante a crise sanitária causada pela covid-19. Posteriormente, o Pronampe passou a ser permanente, como forma de consolidar os pequenos negócios como agentes de transformação e de desenvolvimento da economia nacional. No Banco do Brasil, as operações do Pronampe podem ser contratadas por meio do BB Digital PJ ou em qualquer agência do banco.


--Continua depois da publicidade--

 

 

Gustavo Praiado
Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

INVESTIGAÇÃO
Polícia Civil investiga roubo ocorrido em residência em Lucas do Rio Verde
agosto 12, 2022
COMEMORAÇÃO
Acilve realiza sorteio em ação para comemorar o Dia dos Pais
agosto 12, 2022
INCÊNDIO
Bombeiros combatem incêndio em algodoeira em Lucas do Rio Verde; VÍDEOS
agosto 12, 2022
SOLIDARIEDADE
McDia Feliz: meta para campanha em Lucas do Rio Verde é vender 2 mil tíquetes
agosto 12, 2022