Avanço na colheita de Milho: Mato Grosso próximo à conclusão

Fonte: COM INF. CANAL RURAL

MILHO
MILHO - FOTO PIXABAY

O Mato Grosso, principal estado produtor de milho no Brasil, atinge impressionantes 91,62% da área de colheita, num total de 7,4 milhões de hectares dedicados ao cultivo do grão, segundo dados atualizados na última sexta-feira (28).

Progresso Rápido na Região Norte e Médio-Norte

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta que as regiões norte, com 99,35% de progresso, e médio-norte, com 97,50%, estão prestes a finalizar a colheita durante a semana.

Um Início Tardio, Mas Progresso Constante

Embora a colheita tenha começado apenas em meados de 19 de maio, devido ao atraso no plantio causado pela colheita tardia da soja, os trabalhos em andamento têm avançado constantemente ao longo das últimas 11 semanas. No entanto, em comparação com o ciclo 2021/22, a colheita do milho ainda está atrasada; em 29 de julho do ano passado, a colheita estava em 97,95%.

Comparação com a Média Histórica

O Imea destaca que, em comparação com a média dos últimos cinco anos, o progresso da colheita deste ano ainda está um pouco atrás, já que a média histórica para o período é de 92,63%. A boa notícia é que o avanço semanal foi de 7,74 pontos percentuais.

Sudeste do Mato Grosso: Área com Maior Atraso na Colheita

As regiões norte, médio-norte e nordeste do estado estão liderando o caminho na colheita, com a expectativa de que os trabalhos sejam concluídos até sexta-feira (04). Porém, a região sudeste ainda tem um longo caminho a percorrer, com apenas 75,48% do milho colhido.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na região noroeste do Mato Grosso, 93% da área foi colhida, enquanto no oeste, o número é de 88,21%, e no centro-sul, de 84,11%.

A medida que o Mato Grosso segue em direção ao final da colheita de milho, as expectativas são altas para uma produção bem-sucedida e uma contribuição significativa para a economia agropecuária do estado.

Clique aqui, entre em nossa comunidade no WhatsApp do CenárioMT e receba notícias em tempo real.