Covid-19: Prefeito manda fechar acesso em cidade de Mato Grosso

0

O prefeito  da cidade de Luciara-MT, Fausto Azambuja Filho, se reuniu com vereadores, representantes da Saúde e membros do Comitê de Enfrentamento de Combate ao Coronavírus para decidir sobre mediadas a ser tomadas para evitar o coronavírus.

Após ouvir a opinião de todos os presentes, o prefeito municipal propôs acatar o que a maioria dos presentes concordassem, chegando a conclusão que para o bem de todos o ideal será adotar como protocolo dos próximos 10 dias fechar a entrada de pessoas não residentes no município, período em que será possível observar o pico de transmissão até agora.

Preocupamos – nos com a economia local, mas o momento é crítico e a vida deve ser colocada em primeiro lugar“, disse Fausto Azambuja Filho.

A barreira de monitoramento funcionará também como bloqueio para a cidade; caminhões de abastecimento de supermercados e semelhantes, deverão entrar na cidade acompanhados por um veículo da saúde e um ou mais servidor que estiver de plantão na barreira no momento, para que o mesmo possa acompanhar a liberação das mercadorias, dentro dos padrões citados no decreto, principalmente no que diz respeito ao uso de equipamento de proteção individual por parte de caminhoneiros e comerciantes.

Ressalta se também que tão logo seja descarregado o caminhão, o mesmo deverá deixar a cidade. “Mais uma vez afirmo, prefiro errar pelo excesso do que pela omissão“, ressaltou Faustinho.

O prefeito Fausto Azambuja, se comprometeu a realizar nova reunião após os 10 dias de controle, para que novo decreto seja publicado, não descartando, conforme a análise do relatório, a possibilidade de reabertura da pesca esportiva para turistas, com o critério de que cada Pousada inclua no seu pacote para hóspedes a realização de teste do COVID 19, sendo este realizado com acompanhamento de servidores da saude municipal.

Para ler mais notícias de Mato Grosso, clique Aqui. Siga também o CenárioMT no Twitter e no Facebook.

 

Prefeito de Lucas do Rio Verde libera retorno das aulas do 1º ao 5º ano na rede particular


Amazonia 03 de Junho