Sinop mantém suspensão de aulas até 30 de abril

0
A Prefeitura de Sinop manteve suspensas até 30 de abril de 2020 as atividades escolares presenciais de educação infantil, ensino fundamental, médio e superior, da Rede Municipal de Ensino, bem como as da rede particular. A decisão consta em decreto 073/2020 assinado pela prefeita Rosana Martinelli e que entra em vigor nesta segunda-feira, 06 de abril de 2020.
“Estamos seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde para tomar essa decisão porque precisamos pensar na saúde de nossas crianças e em minimizar as chances de contágio do novo vírus. Só a rede municipal de ensino conta com mais de 17 mil estudantes entre as creches e as escolas de ensino fundamental e esses estudantes têm contato direto com suas famílias. Muitas pessoas dessas famílias estão no grupo de risco para a doença”, afirmou Rosana Martinelli.
Segundo explicou a prefeita Rosana Martinelli, para não haver prejuízo ao ensino, uma vez que as aulas presenciais estão suspensas como estratégia de prevenção ao contágio pelo coronavírus e o calendário escolar precisará ser reajustado, a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (S.M.E.E.C) está reorganizando seu planejamento e vem analisando todas as possibilidades de ações que serão implementadas.
As aulas já estavam suspensas até 05 de abril por força de outro decreto municipal expedido pelo Poder Executivo. O novo documento que passa a vigorar (073/2020) nesta semana mantém a situação de emergência em todo o território do município de Sinop em decorrência da pandemia da COVID-19. Além da suspensão das aulas, ele disciplina uma série de medidas para diferentes setores da cidade.

KIT ALIMENTAÇÃO
Para assegurar às crianças enquadradas em situação de vulnerabilidade e cujas famílias se encontram inseridas ao Programa Bolsa Família, a prefeita Rosana Martinelli determinou o repassa de kits de merenda.

A partir desta segunda-feira, 06 de abril, a Prefeitura de Sinop, via suas secretarias municipais, começa a contatar as famílias que passam a ter direito ao benefício. Uma lista com os nomes dos beneficiários será encaminhada às escolas da Rede.


-Continua depois da publicidade ©-

Cada uma das famílias será acionada via telefone pelo poder público municipal e, só a partir de então, a cesta de alimentos poderá ser retirada pelo responsável legal aluno beneficiado, na Unidade Educativa onde está devidamente matriculado, entre os dias 06 e 09 de abril de 2020, das 7h às 11h. Para o recebimento dos alimentos fica condicionado à apresentação do Cartão do Bolsa Família.

A entrega vai ser realizada de forma gradativa até que os 1,2 kits sejam repassados a quem lhes é de direito.




--PATROCINADO--