Morre jovem que acordou após ter morte cerebral decretada em Mato Grosso

0
Foto: Facebook/Reprodução

A jovem Karina Souto, de 29 anos, baleada pelo ex-namorado em Nova Xavantina, a 651 km de Cuiabá, morreu na tarde desta terça-feira (18), após permanecer internada por 17 dias na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, o homem de 58 anos, atirou duas vezes na ex-namorada e, em seguida, disparou contra a própria cabeça. Ele morreu. O caso foi registrado, em princípio, como tentativa de homicídio e suicídio.

Karina estava com um grupo de amigos nos fundos da casa de uma amiga, no Bairro Santa Mônica, em Nova Xavantina. Testemunhas contaram à polícia que o homem foi até a residência e começou uma discussão com a ex-namorada. O homem queria que ela voltasse a namorar com ele.

Ao ter o pedido negado, o agressor pediu a Karina devolvesse um colar que ele havia dado de presente. A jovem entregou o objeto, e então o homem foi até o carro para guardá-lo. Ao retornar, estava com uma arma e cometeu o crime.

Karina chegou a apresentar melhoras e foi diagnosticada “fora de perigo”, conforme a direção do hospital. No entanto, ela piorou e não resistiu aos ferimentos.