Semana de Carnaval será de muito calor e chuva, aponta CPTEC

0

O forte calor e a chuva não devem dar trégua nesta semana que antecede o Carnaval, segundo informações do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). Em Cuiabá, na segunda-feira (17), a possibilidade de chuva chega aos 80%, com temperatura mínima de 26 graus e a máxima de 35°. Já em Chapada dos Guimarães, cidade que tradicionalmente recebe centenas de foliões nesta época do ano, a probabilidade de chuva atinge a marca de 90%.

Na terça-feira (18), a possibilidade de chuva em Cuiabá se mantém e o tempo deve permanecer encoberto por quase todo o dia. Na quarta-feira (18), os termômetros podem chegar aos mesmos 34 graus e com 90% de possibilidade de chover. As precipitações podem cair com maior intensidade na quinta-feira (20) e sexta-feira (21) de Carnaval e devem vir acompanhadas de rajadas de ventos.

Em Chapada dos Guimarães o clima é de calor no início da semana, com temperaturas que devem passar dos 30º. Uma leve queda nos termômetros deve ser registrada e os números variam entre 21º e 26º no início do final de semana.

Ainda segundo o CPTEC, nos dias que antecedem o feriado de Carnaval existe probabilidade de variação de nuvens e pancadas de chuva localizadas que poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas a qualquer hora do dia. Vale ressaltar que as pancadas são isoladas, ou seja, em algumas regiões devem chover e em outras não.

Desde a semana passada, diversos bairros da capital registraram a chuva rápida e moderada, mas que foi suficiente para a alegria dos cuiabanos. No sábado, por volta das 14h, a forte chuva que caiu sobre a capital acabou causando transtornos na região central.

A avenida General Mello, no cruzamento com o Córrego do Barbado, e a avenida Tenente-Coronel Duarte, popularmente chamada de Prainha, foram as mais atingidas pela força da água.

Vale ressaltar que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) destaca um alerta amarelo para as regiões Sudeste e Centro-Oeste, devido as fortes rajadas de ventos. Conforme o instituto, em caso de rajadas de vento não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda também é orientável que o usar aparelhos eletrônicos, como celular e notebooks sejam fora da tomada.