Homem é denunciado por injúria racial no RJ por dizer ‘queria que escravidão voltasse’ para mulher fazer sexo com ele

0

O Ministério Público do Rio denunciou à Justiça um homem de 64 anos por injúria racial. Ele é acusado de ter dito a uma colega de trabalho que queria que a escravidão voltasse para que a mulher fosse obrigada a fazer sexo com ele.

De acordo com o MP, o crime ocorreu em 10 de setembro, na copa do escritório da rede de resorts ClubMed, empresa onde os dois trabalhavam, na Zona Sul do Rio.


-Continua depois da publicidade ©-

Segundo a denúncia, Sergio Simões, de 64 anos, disse a Eunice Cides de Oliveira, de 30, que “queria que a escravidão voltasse, porque eu pegaria alguém”. Em seguida, diz o documento, Sergio segurou o braço de Eunice e disse que ela “teria que fazer o que eu quisesse. Não teria conversa, você teria que fazer sexo comigo mesmo se não quisesse”.