Mutirão da saúde em Lucas do Rio Verde realiza 150 cirurgias de cataratas no PSF XIV

Mais 150 pacientes que aguardavam na fila de espera da Central de Regulação foram atendidos.

0
(Foto: Ascom Prefeitura/ Daniela Meinerz)

Na última sexta (15) e sábado (16), a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, através da Secretaria de Saúde, realizou mais um mutirão de cataratas. Dessa vez, mais 150 pacientes que aguardavam na fila de espera da Central de Regulação foram atendidos.

As cirurgias foram realizadas no PSF XIV, no bairro Jardim Amazônia, das 8h às 17h. A paciente Etelvina Nascimento mora em Lucas faz poucos meses, ela conta que esperou pela cirurgia por muito tempo na cidade onde morava antes da mudança para o município luverdense. “Eu tenho problemas de saúde, ia muito ao hospital e nunca fui tão bem tratada. Devido aos medicamentos fortes que eu uso, eu perdi a visão de um dos olhos e agora vou realizar essa cirurgia no outro para poder ter uma vida melhor, tudo graças a esse mutirão. Estou muito feliz”, afirma a paciente.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

O prefeito Luiz Binotti, esteve no PSF para acompanhar o atendimento e afirma que a saúde é uma prioridade para a gestão. “Poder proporcionar qualidade de vida para as pessoas não tem preço, saber que essas pessoas chegam aqui enxergando mal e voltam pra casa boas é muito gratificante. A saúde é uma das prioridades para a gestão, cuidar das pessoas é um dos nossos objetivos”, afirma o prefeito.

A cataratas é uma opacidade parcial ou total do cristalino que é uma lente natural do olho, localizada atrás da pupila. Ele contribui na potência dos raios luminosos para formação da imagem na retina, qualquer alteração na sua constituição afeta a visão nítida. Alguns dos sintomas dessa doença geralmente são a visão turva ou embaraçada, diminuição da sensibilidade das cores e contrastes e sensibilidade a luz.O tratamento é feito através da intervenção cirúrgica.


-Continua depois da publicidade ©-

Em 2019, cerca de 600 cirurgias e mais de 2.500 consultas oftalmológicas, entre cataratas e Pterígio, foram realizadas pelo município. O secretario de saúde Rafael Bespalez lembra que o investimento feito pela saúde nesses mutirões é muito importante para que as filas de espera diminuam e todos os pacientes possam ser atendidos o mais rápido possível. “Tudo que é para saúde não pode ser considerado despesa, mas investimento, então nós estamos investindo na saúde das pessoas, na qualidade de vida da nossa população e para esse ano, temos a previsão de mais um mutirão de Pterígio tudo feito de forma estratégica pela secretaria”, ressalta o secretário.

As pessoas que necessitarem de atendimento oftamológico devem procurar seu PSF para consulta e encaminhamento para o especialista.