Gestão do Hospital São Lucas divulga nota esclarecendo situação das UTI’s 

Plano de ação está sendo elaborado para evitar o fechamento das UTI’s 

0

A direção da Fundação Luverdense de Saúde, mantenedora do Hospital São Lucas em Lucas do Rio Verde-MT, encaminhou nota de esclarecimento ao portal CenárioMT, referente a notificação enviada pelo Instituto Santa Rosa, comunicando o encerramento da gestão das Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s).

No comunicado, os diretores do Instituto Santa Rosa confirmam as dificuldades financeiras, tendo em vista a demora nos repasses por parte do Governo do Estado.
O Estado fez o pagamento no valor de R$ 1.092.200,00, referente às competências de janeiro e fevereiro, no dia 04 de junho.

A previsão, de acordo com a Secretária de Estado de Saúde (SES-MT) é fazer o pagamento dos meses atrasados ainda no início do mês de julho.

Outro agravante para a desistência do Instituto Santa Rosa em gerir as unidades de tratamento intensivo de Lucas do Rio Verde, de acordo com nota enviada ao CenárioMT é sobre a portaria 073/2019 que dispõe sobre os serviços de UTI’s, que visa diminuir os valores das diárias da UTI’s a partir do dia 02 de julho de 2019. A portaria do governo já está em vigor.

Quando assumiu a gestão das UTI’s de Lucas do Rio Verde, no início do mês de fevereiro, o diretor administrativo do Santa Rosa, Paulo Rogério Pitaluga dos Santos, afirmou durante coletiva à imprensa que o Instituto contava com um fundo de caixa para conseguir gerir os serviços por pelo menos 90 dias, até que os repasses do governo do Estado fossem normalizados.

A manutenção das unidades de tratamento intensivo é de alto custo e de acordo com os diretores do Hospital São Lucas, um plano de ação está sendo elaborado para evitar o fechamento das UTI’s, que atende não só moradores de Lucas do Rio Verde, mas também, recebe pacientes de todas as regiões de Mato Grosso.



Por falta de recursos, Instituto não consegue manter UTI’s em Lucas do Rio Verde