A Polícia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde-MT esclareceu o último homicídio ocorrido no município, na madrugada de terça-feira (04), na rua das Bromélias no bairro Bandeirantes.

O borracheiro Juniomar da Silva Moraes, de 34 anos, foi morto com pelo menos três golpes de faca no pescoço, sendo que um dos golpes, por pouco não decepou a cabeça da vítima.

De acordo com o investigador de polícia, Wlademir Mesquita, o autor do crime era amigo da vítima e ambos moravam na mesma residência e trabalhavam na mesma borracharia.

O homem foi encaminhado para a delegacia judiciária civil e está sendo ouvido pelo delegado Daniel Santos Nery. O suspeito foi detido por investigadores da divisão de homicídios e proteção à pessoa da delegacia judiciária civil, na empresa em que trabalha no bairro Bandeirantes.

“Era um amigo e moravam na mesma casa. Chegamos a conversar com ele por algumas vezes e o trabalho de investigação continuou sendo realizado pela equipe responsável. Hoje, no início da tarde conseguimos provas suficientes para apresentar ao suspeito, que diante das circunstâncias, não teve como negar a autoria e acabou confessando sua participação no homicídio”, salientou Mesquita.

Após perícia realizada na cena do crime, os peritos criminais da Politec da cidade de Sorriso, constataram, além dos cortes no pescoço, vários hematomas no corpo da vítima que seriam provenientes de uma luta corporal com seu agressor, antes de sua morte.



“Esses hematomas contribuíram sobremaneira ás investigações, tendo em vista que o suspeito também apresentava algumas lesões devido a luta corporal com a vítima”.

As investigações policiais apontam para o desentendimento entre vítima e agressor, quando os mesmos estariam ingerindo bebida alcoólica em um bar. Após isso, ambos teriam saído do local e quando retornavam para casa, houve a luta corporal que culminou no homicídio.

O corpo de Juniomar da Silva Moraes foi transladado para a cidade de Matupá-MT, onde foi sepultado.