Exercício físico ajuda a prevenir o câncer, diz professor da UFMT

0
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

São muitos os benefícios do exercício para o ser humano. O principal deles, é claro, diz respeito à saúde dos indivíduos que têm em sua rotina a prática de atividades físicas, seja ela qual for. Fazer exercícios ajuda a manter o corpo em forma e, assim, auxilia também na prevenção de doenças, das mais simples, como gripe, até as mais graves, como o câncer.

E a importância da atividade física na prevenção aos mais diversos tipos de câncer foi o tema da palestra do professor Fabrício Voltarelli, da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), há algumas semanas. No Sesc Arsenal, Voltarelli falou sobre o “Exercício Físico Regular como Prevenção e Tratamento não-farmacológico do Câncer”.

Segundo o professor, a palestra pretendeu mostrar, em linguagem simples, mas com dados de diversos estudos, a importância da prática de exercícios físicos regularmente para ajudar na prevenção do câncer. Mundialmente, mais de 1,44 milhão de pessoas já tiveram sua rotina analisada neste sentido e, de fato, o exercício é um fator importante na prevenção a essa doença tão letal.

Ainda de acordo com Voltarelli, outro objetivo da palestra era mostrar que o paciente oncológico, ou seja, que sofre de câncer, pode sim praticar exercícios, e não deve achar que está fadado à morte. Países como Estados Unidos e Austrália, na verdade, inclusive indicam o exercício como tratamento para pacientes com câncer.

Para especialistas que realizaram um estudo publicado na renomada revista JAMA, o exercício físico faz com que os hormônios se equilibrem, o que combate o desenvolvimento de alguns tumores. Além disso, a atividade física também ajuda a regular a insulina, que quando com índices ruins, está associada à diversas condições clínicas nada positivas.

Brasileiros estão se exercitando mais

É claro que a prevenção ao câncer não é a única razão pela qual as pessoas devem ter o exercício físico em suas rotinas. De acordo com o site vcemforma.com.br, o exercício físico “é um grande responsável por fazer com que as pessoas façam novas amizades, mantenham sua autoestima e tenham mais motivação para enfrentar os problemas do dia a dia”.

A boa notícia, nesse sentido, é que os brasileiros têm se exercitado mais. Segundo uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde e divulgada no final de 2018, a quantidade de praticantes de corrida, por exemplo, aumentou 194% no Brasil entre 2006 e 2017.

Segundo a mesma pesquisa, cerca de 37% da população das capitais do Brasil praticam pelo menos duas horas e meia de exercício físico por semana. Esse número é o mínimo recomendado pela OMS, a Organização Mundial da Saúde. Esse índice foi considerado positivo pelo Ministério, já que cresceu 24% de 2006 a 2018.

Seja para prevenir o câncer, manter o corpo ativo ou por quaisquer outros motivos, é sempre importante manter uma rotina de exercícios. E você, já mexeu o corpo hoje?