Vigilância Sanitária realiza mais de 10 mil ações em 2018 em Lucas do Rio Verde

As informações foram repassadas pela Secretaria Municipal de Saúde

0

Mais de 10 mil ações, entre notificações, inspeções e demais serviços, foram realizadas em 2018 pela Vigilância Sanitária. As informações foram repassadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a supervisora de Vigilância em Saúde, Keli Paludo, em 2018 foram efetuadas 1.138 inspeções e reinspeções, 788 termos de vistoria, 346 notificações, 37 apreensões e foram atendidas 453 denúncias.

Além destes serviços, a coordenadora da Vigilância Sanitária, Marcia Trentin, pontuou que foram feitas 546 coletas, análises e monitoramento de piscinas públicas, 335 conferências de lixo contaminado, 68 coletas de soro canino para exame de leishmaniose visceral canina e foram promovidas 2.583 orientações pelos técnicos da vigilância.

Além destes números, a Saúde também registou 547 liberações de alvará. A Vigilância Sanitária também realiza análises de projetos, educação em saúde, visitas e palestras. Ao final do ano, reunido todas, o resultado foi 10.147 ações.

A coordenadora da Vigilância em Saúde ressaltou que o setor realizou um grande número de ações, principalmente na área preventiva. “As atividades realizadas pelos fiscais na prevenção e promoção da saúde são muito importantes, por isso, observamos a necessidade de investir ainda mais em ações de educação em saúde, como forma de orientação e prevenção, pois este é o pilar da saúde pública”.