Produtores reclamam de prejuízo após enchimento do lago de usina em Mato Grosso

0
Foto: TVCA/Reprodução

Produtores da região de Sinop, a 503 km de Cuiabá, não estão conseguindo transportar a safra de grãos na travessia do Rio Teles Pires devido ao enchimento do lago da usina hidrelétrica do município.

Conforme o diretor de Meio Ambiente da Companhia Energética de Sinop, Ricardo Padilha, o aumento no nível do rio já era esperado.


Ele fala que investimentos de quase R$ 16 milhões foram feitos para garantir a adaptação civil com a construção de novas acostagens e novos acessos e também na travessia, que antes tinha cerca de 300 metros e passa a ter 1,2 km.

“A navegação foi totalmente modificada. Ela sai da condição de ancorada em cabos para ser utilizado um navegador, de R$ 3 milhões, totalizando quase R$ 16 milhões de investimento para ter uma navegação segura e totalmente reestabelecida”, diz Padilha.

Ele garantiu que o impedimento da travessia deve durar no máximo 12 dias e, depois desse prazo, será normalizada.

  Sorriso: concessionária é obrigada a indenizar motorista que colidiu com resto de pneu

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui