Acusado de emprestar conta bancária para golpe é preso pela Polícia Civil em Rondonópolis

O acusado, Rosalvo Macedo Lopes da Silva, 24, conhecido como “Macedo”, foi surpreendido no momento em que tentava sacar o dinheiro e autuado em flagrante por estelionato.

0
reprodução

Mais um suspeito de emprestar a conta bancária para receber dinheiro proveniente de golpes aplicados pela Internet foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (31.01), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis.

O acusado,de 24 anos foi surpreendido no momento em que tentava sacar o dinheiro e autuado em flagrante por estelionato. As investigações iniciaram após uma vítima de estelionato procurar a Derf relatando que havia transferido o valor R$ 25 mil na conta suspeito, pela compra de uma picape Fiat Strada. Ao perceber o golpe, a vítima foi até a agência bancária bloqueando a transferência do dinheiro.


-Continua depois da publicidade ©-

Com informações de que o suspeito estava no banco tentando efetuar o saque da quantia, os policiais foram até o local onde realizaram a abordagem do investigado. Questionado, ele confessou a participação no golpe e disse que conheceu uma pessoa, por meio de um grupo de WhatsApp, que o convidou a emprestar a conta para que fosse depositado dinheiro proveniente de estelionato.

Segundo o suspeito, o acordo era que ele receberia 20% se o valor depositado fosse até R$ 5 mil e 15% em caso de quantias maiores. No momento da abordagem, o acusado estava com vários extratos bancários, sendo um deles de depósito no valor de R$ 1.430, que ainda não havia sido compensado. Ele confirmou que o valor depositado em sua conta também era proveniente de estelionato.


Diante das evidências, o acusado foi conduzido a Derf onde após ser interrogado foi autuado em flagrante por estelionato.


--Continua depois da publicidade ©--


--PATROCINADO--