23.1 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 15 junho, 2021
InícioSAÚDETomar café bem forte ajuda a “curar” a ressaca?

Tomar café bem forte ajuda a “curar” a ressaca?

Por METRÓPOLES

Depois de uma noite de bebedeira, muitas pessoas apresentam sintomas do consumo excessivo de álcool, incluindo dor de cabeça, náuseas e sensação de tontura.

Existem muitas receitas caseiras que supostamente ajudam a reverter esse quadro de intoxicação do organismo, incluindo uma boa dose de café forte. No entanto, há pouca ou nenhuma evidência que sugira que a bebida mais consumida no mundo pode reverter os efeitos do álcool.


--Continua depois da publicidade--

Na verdade, embora possa aliviar alguns sintomas da ressaca, o café, na verdade, pode prolongar outros efeitos do álcool.

Os pesquisadores ainda não têm certeza sobre as causas exatas da ressaca. Mas um estudo de 2010 publicado no repositório científico National Library of Medicine, do governo americano, indica que fatores biológicos, como desidratação, irritação gastrointestinal, inflamação, exposição a produtos químicos e sono interrompido provavelmente contribuem para os sintomas.

Café pode ajudar a “curar” a ressaca?

Atualmente, não há uma “cura” para a ressaca, e é improvável que o consumo de café proporcione algum alívio.


--Continua depois da publicidade--

Semelhante ao álcool, a cafeína, presente no café, é um conhecido diurético. Portanto, pode desidratar ainda mais o organismo, potencialmente prolongando ou piorando certos sintomas da ressaca.

Não há pesquisas suficientes sobre os efeitos do café em pessoas que apresentam sintomas de ressaca e a maioria delas se concentra na mistura de bebidas energéticas cafeinadas com álcool.

Artigo publicado no site dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos alertam sobre os perigos de misturar álcool e cafeína. A ingestão dessas duas substâncias pode mascarar os efeitos do álcool, fazendo com que as pessoas se sintam mais alertas e sóbrias.

De acordo com um estudo de revisão de 2011, publicado no periódico científico Journal of Caffeine Research, pessoas que misturam álcool e cafeína são mais propensas a se envolver em comportamentos de risco do que aqueles que consomem apenas bebidas alcoólicas.

Outra pesquisa, publicada em 2013 no jornal Addictive Behaviors, também observa que misturar álcool e cafeína não é capaz de evitar os sintomas da ressaca.

“Apesar de as cervejas cafeinadas melhorarem a percepção da qualidade do sono, os efeitos foram maiores em relação ao estado de alerta matinal do que na qualidade durante o sono, sem efeitos na manutenção da dormida ou no tempo total dormindo. Nenhum efeito foi observado na incidência ou gravidade da ressaca”, afirmam os cientistas no artigo publicado em 2013.

A melhor estratégia para evitar a ressaca não ingerir álcool ou beber com moderação, sem esquecer de manter a devida hidratação do corpo com água.

Quando a ressaca surge, uma dica é se reidratar, comer alimentos nutritivos e descansar bastante.


Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Concurso cultural junino premiará poesias, fotos e desenhos em Lucas do Rio Verde
junho 14, 2021
PODER LEGISLATIVO
Com pauta cheia, Câmara de Lucas do Rio Verde aprova RGA e nome definitivo ao Bom Jesus
junho 14, 2021