19.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 15 maio, 2021
InícioVARIEDADESTECNOLOGIAComo usar VPN para acessar a Netflix de outros países

Como usar VPN para acessar a Netflix de outros países

Provedor consegue burlar sistema de gigante norte-americana para disponibilizar conteúdos bloqueados geograficamente
Por CenárioMT

Você já imaginou poder acessar o conteúdo da Netflix disponibilizado nos EUA, Reino Unido ou Espanha, por exemplo? Atualmente, a plataforma bloqueia esse tipo de movimentação se você está no Brasil, por exemplo. Mas com uma VPN, tudo pode ser diferente – inclusive a sua interação com produções estrangeiras.

É fácil presumir que os serviços de streaming de vídeo que usamos todos os dias são os mesmos em todos os lugares do planeta, mas isso simplesmente não é verdade. O que está disponível em serviços de streaming, em particular, pode ser muito diferente de país para país. Com uma VPN, você pode assistir a Netflix de diversos lugares do mundo sem sair de casa.

Isso porque serviços de streaming como o Netflix fazem acordos com outras empresas de mídia para fornecer filmes e TV em mercados específicos. Um ótimo exemplo é Star Trek: Discovery . Nos Estados Unidos e no Canadá, você precisa de uma conta CBS All Access para ir ousadamente onde ninguém esteve antes. A maior parte do resto do mundo, no entanto, pode aproveitar o Discovery sem se inscrever em outro serviço de streaming porque ele está facilmente disponível na Netflix.

Isso pode parecer um negócio um pouco frustrante para os assinantes da Netflix. Eles estão pagando por uma assinatura, então eles não deveriam obter todo o conteúdo de vídeo que a Netflix oferece? Mas esse não é o caso. Você só tem direito aos programas no país onde criou sua conta.

É aí que entra uma VPN. A rede privada virtual serve para burlar esse tipo de proteção, já que com uma conexão VPN é possível mudar sua localização ao se conectar à internet. Além disso, uma conexão VPN é muito mais segura do que as utilizadas normalmente, já que os servidores ficam hospedados em locais secretos. Logos, seus dados e informações não são rastreáveis.

Cada dispositivo na Internet tem um endereço IP atribuído a ele, e esses endereços geralmente são distribuídos geograficamente. Todos os endereços IP de pessoas na área da cidade de Nova York devem ser semelhantes, mas diferentes dos endereços IP em Londres. Olhando para o endereço IP de um dispositivo, é muito fácil determinar aproximadamente onde um dispositivo está localizado.

É aqui que entram as VPNs. Uma VPN envolve seu tráfego de Internet com criptografia que impede que os observadores possam ver o que você está fazendo. Ele canaliza suas informações para um servidor remoto operado pela empresa VPN. Se esse servidor estiver em um país diferente, você está usando a web como se estivesse naquele país. Seu dispositivo até parecerá ter o endereço IP do servidor VPN, ocultando efetivamente seu verdadeiro endereço IP e tornando muito mais difícil correlacionar atividades online diretamente para você.

Existem muitos motivos pelos quais você precisa de uma VPN , mas se você precisar dar a impressão de que está em um local totalmente diferente do seu país de origem, isso é indispensável. Por um lado, você não precisa se preocupar em adquirir ou reconfigurar seu computador ou dispositivo móvel para usar um endereço IP estrangeiro – a empresa VPN gerencia uma frota de servidores com vários endereços IP disponíveis. Por outro lado, os aplicativos VPN tornam extremamente fácil alternar de um local para outro. Basta clicar e seu tráfego é redirecionado

É assim que funciona: vamos imaginar que você é do Reino Unido e está assistindo a um programa da Netflix em sua casa em Londres e está fazendo uma viagem para a cidade de Nova York. Quando você chegar aos Estados Unidos, talvez não consiga continuar assistindo ao programa porque ele não está disponível para assinantes da Netflix nos Estados Unidos. Se você configurar uma VPN como se estivesse na sua rede em Londres, você poderá continuar assistindo ao programa de onde parou.

Para impor restrições regionais a alguns conteúdos, a Netflix se esforça para bloquear o uso de VPN. Isso é um pouco injusto para as pessoas que não estão tentando escapar das fronteiras digitais, algo que os críticos da plataforma de streaming tem apontado com alguma frequência.

As empresas VPN, por outro lado, trabalham para manter seus clientes conectados à Netflix, em parte por conveniência, mas sem dúvida porque entendem que desbloquear conteúdo é um grande atrativo para clientes Para resumir: são adversários tentando lentamente superar um ao outro.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Morador de Lucas do Rio Verde cai em golpe e tem prejuízo de mais de R$ 25 mil
maio 14, 2021
SAÚDE
Lucas do Rio Verde é 2º na classificação regional e sobe para 41º no ranking estadual em vacinação contra Covid-19
maio 14, 2021