18.1 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 13 maio, 2021
InícioVARIEDADESTECNOLOGIABosch, Volkswagen e Shell desenvolvem gasolina que reduz em 20% as emissões...

Bosch, Volkswagen e Shell desenvolvem gasolina que reduz em 20% as emissões de CO2

A Shell tem como plano inicial disponibilizar o combustível em postos regulares ao longo do ano, começando na Alemanha.
Por CenárioMT

A fornecedora de tecnologia Bosch, a fabricante de veículos Volkswagen e a multinacional de energia e petroquímica Shell desenvolveram a Blue Gasoline, um combustível que reduz as emissões de dióxido de carbono (CO2) por quilômetro percorrido em 20%.

Como a Bosch indicou em um comunicado, este novo combustível contém o equivalente a 33% de energias renováveis, o que permite que suas emissões sejam reduzidas em 20% em comparação com a gasolina.


--Continua depois da publicidade--

“No caminho para a mobilidade ecologicamente correta, devemos nos certificar de que não deixamos nenhuma oportunidade técnica inexplorada, começando com a eletromobilidade e terminando com combustíveis renováveis”, disse o presidente da divisão de Soluções de Sistemas de Propulsão da Bosch, Uwe Gackstatter.

Nesse sentido, ele indicou que cada grama de CO2 que para de emitir pode ajudar a atingir os objetivos climáticos. Este novo combustível estará disponível nas estações de reabastecimento da Bosch ainda este ano.

Por sua vez, o diretor de Desenvolvimento de Motores de Combustão Interna da Volkswagen, Sebastian Willmann, ressaltou que a Blue Gasolina é outro componente “fundamental” na redução das emissões de veículos, uma vez que será “particularmente adequada” para uso em modelos híbridos plug-in.

Este tipo de gasolina vem depois do Diesel Azul, aumentando assim a gama de combustíveis renováveis e de baixo carbono. “Nosso novo combustível agora também dá aos motores a gasolina um grande passo à frente em termos de sustentabilidade”, acrescentou Felix Balthasar, Chefe de Combustíveis Especiais da Shell.

Este novo combustível contém até 33% de fontes renováveis, garantindo, segundo as marcas, uma redução das emissões de carbono de pelo menos 20% por quilómetro.


--Continua depois da publicidade--

Saiba mais sobre combustíveis sintéticos

Apesar de tudo, esforços ainda são necessários antes que os combustíveis sintéticos possam se estabelecer no mercado. As instalações de processamento ainda são caras e existem apenas algumas plantas de teste, mas o Ministério da Economia e da Energia da Alemanha apoia os combustíveis sintéticos como parte da iniciativa “Energia alternativa no transporte”. O uso generalizado destes combustíveis também será auxiliado pela crescente disponibilidade de eletricidade a partir de energias renováveis e, assim, uma consequente queda de preços.

Combustíveis sintéticos são produzidos exclusivamente com o auxílio de energias renováveis. Em um primeiro estágio, o hidrogênio é produzido a partir da água. O carbono é, então, adicionado para produzir o combustível líquido e pode ser reciclado a partir de processos industriais ou mesmo capturado pelo ar por meio de filtros. A combinação de CO2 e H2 resulta em combustível sintético, que pode ser gasolina, diesel, gás ou até mesmo querosene.

 

 


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Geral
Rota do Oeste oferece sete vagas para contratação imediata em Lucas do Rio Verde
maio 12, 2021
GOLPE
Lucas do Rio Verde: Internauta denuncia tentativa de golpe com fotos de sua casa
maio 12, 2021