22.9 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 02 dezembro, 2021
InícioVARIEDADESTECNOLOGIASatélite brasileiro embarca para a Índia com previsão de lançamento em 2021

Satélite brasileiro embarca para a Índia com previsão de lançamento em 2021

Equipamento gerará imagens que permitirão monitorar o desmatamento na Amazônia
Por CenarioMT

O satélite Amazônia-1, desenvolvido no Brasil, embarcou nesta terça-feira (22) para a Índia, onde será montado e lançado ao espaço em fevereiro de 2021. Ele será usado para fornecer dados mais precisos e monitorar o desmatamento, especialmente da região amazônica.

Foram necessários 52 containers especiais para transportar com segurança os módulos do satélite, que pesa 638 kg. O embarque ocorreu em uma aeronave que partiu de São José dos Campos, em São Paulo.


--Continua depois da publicidade--

O Amazônia-1 é o primeiro satélite de observação da Terra completamente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil. E foi desenvolvido no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em parceria com a Agência Espacial Brasileira. O projeto é coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

O ministro Marcos Pontes lembrou que foram anos de trabalho para a produção de uma tecnologia nacional. “Esse satélite representa muito, não só em termos de desenvolvimento de tecnologia, mas também no desenvolvimento da nossa indústria, significa a sua aplicação no espaço para observação da Terra em um espectro muito interessante de frequência, que ajuda no monitoramento da Amazônia, mas também de outros biomas”, afirmou.

Dados precisos

O satélite ficará a uma altura de 700 quilômetros e gerará imagens do planeta a cada cinco dias. Sob demanda, poderá fornecer dados de um ponto específico em dois dias, o que é importante para alertas de desmatamento na Amazônia, uma vez que aumenta a probabilidade de captura de imagens úteis diante da cobertura de nuvens na região.

A previsão é que o Amazonia-1 seja colocado em órbita terrestre em fevereiro de 2021 pelo lançador PSLV da ISRO a partir do Centro de Lançamento Sriharikota, na Índia.


--Continua depois da publicidade--

Quando estiver em funcionamento, será o terceiro satélite brasileiro de sensoriamento remoto em operação junto ao CBERS-4 e ao CBERS-4A.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,351FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,096SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Campanha Dezembro Vermelho alerta para diagnóstico e tratamento precoce da Aids e outras ISTs
dezembro 02, 2021
Lucas do Rio Verde
Grupo Santos e Fut Girls conquistam título da Copa Rio Verde de Futsal
dezembro 02, 2021
Lucas do Rio Verde
Alunos da Escola Municipal Cecília Meireles realizam Cantata de Natal
dezembro 02, 2021
Lucas do Rio Verde
Curso de salgados tem inscrições abertas no Cras de Lucas do Rio Verde
dezembro 02, 2021