35.1 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 01 agosto, 2021
InícioVARIEDADESCampanha incentiva o turismo de natureza

Campanha incentiva o turismo de natureza

São peças publicitárias que retratam a importância de se praticar um turismo consciente, sustentável e seguro
Por CenarioMT

Rico em biomas como Amazônia, Pantanal, Cerrado, Mata Atlântica e uma extensa faixa litorânea, o Brasil tem um grande potencial para o turismo de natureza. E para incentivar essa atividade, o Ministério do Turismo lançou uma campanha que busca reposicionar o país no segmento.

As peças publicitárias com o mote “Viaje pelo Brasil. Gigante pela própria natureza” têm como foco a experiência do viajante e retratam a importância de se praticar um turismo consciente, sustentável e seguro neste momento de retomada do turismo. O material da campanha poderá ser conferido em mídias digitais, sites turísticos e na TV aberta.


--Continua depois da publicidade--

“O Brasil é o maior país do mundo para turismo de natureza. Nada se iguala ao nosso país. Somos a última fronteira de sustentabilidade, preservação e fauna. Tudo nós temos”, afirmou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, no lançamento nacional da campanha, no Parque Estadual do Cantão, em Caseara, no Tocantins. O Cantão é referência em turismo de natureza no estado.

A campanha chega em um momento em que a atividade turística dá sinais de recuperação. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice de Atividades Turísticas subiu 18,2% em maio. Foi o segundo crescimento consecutivo do índice, tendo em vista que em abril houve um avanço de 4,3%.

Unidades de Conservação

Entre os potenciais de turismo em natureza no Brasil estão as unidades de conservação. O país conta, atualmente, com 334 unidades de conservação federais, várias delas com possibilidade de receber visitantes, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente.

Em 2020, as unidades de conservação permaneceram fechadas em boa parte do ano por conta das regras impostas por causa da Covid-19, mas mesmo assim, foram registradas 8,4 milhões de visitas durante o período de cerca de seis meses em que as atividades desses locais foram gradualmente restabelecidas.


--Continua depois da publicidade--

A Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, em Santa Catarina (3,3 milhões de visitantes), o Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro (1,2 milhão) e o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná (658 mil visitas), lideraram o ranking de visitação no ano passado.

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra os parques federais, houve um crescimento contínuo de visitação até dezembro, o que não ocorria mesmo antes do surgimento do novo coronavírus. Por ser área de ar livre que possibilita o distanciamento, os parques têm se tornado opção para quem quer evitar aglomerações e estar em contato com a natureza.

“Sabemos que o Brasil ocupará um lugar de destaque no cenário pós-pandemia com seu enorme potencial de turismo de natureza, que será a grande tendência dos viajantes”, ressaltou o ministro Gilson Machado Neto.

As unidades de conservação estão sendo reabertas seguindo os protocolos de segurança e saúde de cada estado e município.

Protocolos

No ano passado, o Ministério do Turismo lançou o Selo Turismo Responsável), Limpo e Seguro, com o objetivo de preparar o setor para a retomada das atividades, de forma segura e responsável.

A certificação inclui sinalização visual que identifica estabelecimentos e guias de turismo que assumiram, declaradamente, o compromisso em adotar protocolos de biossegurança elaborados pelo Ministério do Turismo. Atualmente, mais de 28,7 mil selos já foram emitidos para 15 atividades turísticas.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde adere campanha “Agosto Dourado” em incentivo ao aleitamento materno
agosto 01, 2021
33 anos
Prefeitura anuncia ações voltadas para o aniversário de Lucas do Rio Verde
agosto 01, 2021