31.1 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 30 junho, 2022
Publicidade
InícioSAÚDEComo o café da manhã contribui para a sua felicidade?

Como o café da manhã contribui para a sua felicidade?

Texto por CENÁRIOMT

Certamente você já ouviu em mais de uma ocasião como é importante tomar um bom café da manhã para enfrentar o dia com toda a energia possível. Mas você sabia que o café da manhã também determina o seu humor?

De acordo com especialistas em nutrição, passar bastante tempo tomando café da manhã é uma forma de obter bem-estar e felicidade , principalmente se o fizermos de forma saudável. E é que, dizem eles, o intestino é o nosso segundo cérebro.


--Continua depois da publicidade--

Uma boa nutrição como base da felicidade

A felicidade como conceito é uma mistura de sensações, emoções e hábitos. Assim, não apenas exercitar, evitar o estresse, sentir-se protegido pelo ambiente, etc., determinará nosso grau de felicidade; Comer bem também é vital para nossas emoções. O motivo? 

Além do ato em si, que, como animais sociais que somos, nos dá uma certa sensação de bem-estar, o cérebro precisa de alguns nutrientes essenciais que só alguns alimentos naturais podem oferecer, e que têm a particularidade de nos fazer sentir Boa. Tão simples e importante.

 A comida tem duas funções: nos nutrir, que é a principal, e nos confortar e nos dar prazer, principalmente se escolhermos alimentos que cumpram essa função. O problema é que muitas vezes comemos por ansiedade, priorizando alimentos ricos em sal, gordura, açúcares- que aparentemente nos proporcionam um falso bem-estar momentâneo.

No entanto, existem alimentos que contêm ingredientes ativos essenciais, vitaminas e minerais, como vitamina B ou aminoácidos como a tirosina, que influenciam o sistema nervoso e têm a capacidade de regular os distúrbios do humor.


--Continua depois da publicidade--

Como deve ser o café da manhã ideal?

Sendo a primeira refeição do dia, o pequeno-almoço é um bom momento para introduzir os alimentos que nos fazem sentir bem e trabalhar uma atitude positiva que nos marca para o resto do dia. “O que comemos é muito importante, mas também como comemos. Faça do café da manhã um ritual, como um momento para nos dedicarmos a nós mesmos, para ficarmos calmos… E dedicar esses quinze minutos a comer devagar, a sentir que não estamos correr de um lado para o outro, sentir como o corpo está relaxado e até curtir o silêncio. São pequenos gestos que nos dão bem-estar e felicidade, nos dão aquela sensação de ter cuidado de nós mesmos”, diz a especialista durante um workshop sobre ‘alimentação consciente’ (ou alimentação consciente, seu termo em inglês) organizado pela empresa de conservas e alimentos Hero por ocasião do lançamento de seus novos produtos.

Por outro lado, o pequeno- almoço cobre um terço da nossa ingestão diária, pelo que deve conter todos os nutrientes de que necessitamos: hidratos de carbono complexos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais.. “Mas, acima de tudo, deve ser equilibrado. Devemos encontrar aquele ponto em que podemos comer um pouco de tudo com base na pirâmide nutricional e na dieta mediterrânea. Assim, não há problema em incluir açúcar, por exemplo, com uma colher de sopa de geléia no café da manhã. Quando falamos em ‘alimentação consciente’ falamos em aprender a saborear os alimentos e controlar aquela ansiedade por comida que causa compulsão por determinados alimentos. na medida certa, e tem que nos fornecer, como disse antes, alimentos ricos em vitamina B, como laticínios, grãos integrais (não processados), nozes…”

Alimentos para ser mais feliz: o que comer para ser mais feliz?

A chave é escolher os alimentos que mais nos favorecem. Portanto, devemos tentar nos nutrir com ingredientes ativos que estimulem a produção de hormônios do bem-estar.

  • Alimentos probióticos como laticínios são úteis : leite, iogurte, coalhada, kefir, queijo fresco…; uma vez que protegem a nossa flora intestinal. A razão é que algumas das bactérias produzem serotonina, o hormônio da felicidade. De fato, está comprovado que a flora intestinal de pessoas com depressão é diferente de pessoas sem depressão. Portanto, seu consumo habitual pode influenciar o humor e o humor.
  • Aveia, grãos integrais, nozes… A vitamina B é importante para a estabilização do sistema nervoso e o desempenho cognitivo. Numerosos estudos sugerem que sua deficiência pode causar depressão. Também o encontramos em alimentos como grãos integrais, sementes de gergelim, abacate ou nozes, todas ótimas opções para fazer um café da manhã mais rico.
  • Frutas como banana ou abacaxi. “ A fruta deve estar sempre presente no café da manhã, pois nos fornece vitaminas, minerais e também fibras. Os movimentos peristálticos são mais ativos pela manhã e essa ingestão de fibras nos ajudará a regular o trânsito desde a primeira hora”, explica a nutricionista. Especificamente, banana e abacaxi também são frutas ricas em tirosina e dopamina, que ativam a produção de neurotransmissores relacionados ao bem-estar emocional.

‘Mindful Eating’: dicas para comer com atenção

Durante a oficina, a nutricionista e psicóloga Itziar Digon ofereceu algumas ferramentas que nos ajudarão a melhorar nossa relação com a comida e, sobretudo, aprender a ouvir nosso corpo quando nos sentamos à mesa.

  • Um pequeno sinal, como um sinal, que lembra a importância de tomar um café da manhã tranquilo, sem pressa. Você pode escrever uma frase inspiradora e colocá-la no local onde costuma tomar café da manhã para servir como um ‘clique mental’.
  • Coloque em prática a meditação através dos nossos sentidos nesse momento.Preste atenção em como levamos a comida à boca, o ato de engolir, saborear, tomar consciência da sensação de fome ou saciedade… Isso todos os dias, treinado por alguns minutos, nos permitirá ter mais consciência do que comemos e abaixamos nossos níveis de ansiedade e nos separamos da comida. “A meditação nos ajuda a parar de reagir para responder livremente. Posso reagir compulsivamente comendo, porém, quando treinamos esse comer devagar, tenho mais capacidade de decisão livre para saber se quero continuar comendo, se esse alimento é bom para Meu… No final, o que se consegue é comer menos, comer de forma mais saudável, pois comemos em contato com a sensação de fome e saciedade”, explica o especialista.
  • Brinque com a música, com a estética da mesa… A estimulação visual é muito importante na hora das refeições. Por isso, uma boa ferramenta é nos cercar de elementos decorativos: pratos especiais e coloridos, uma toalha de mesa colocada com algum cuidado, etc. A música que nos acalma ou nos motiva também pode ser de grande ajuda para completar o ritual.

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

 

Rebeca Moraes
Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

SOLIDARIEDADE
Projeto Cozinhas Solidárias procura cozinheiros sociais em Lucas do Rio Verde
junho 30, 2022
Lucas do Rio Verde
Secretaria de Educação participa da Semana Nacional de Políticas sobre Drogas
junho 30, 2022
RECONHECIMENTO
Militares e civis são homenageados com títulos de cidadãos honorários de Lucas do Rio Verde
junho 30, 2022
ESQUEMA
Funcionário é preso por desvio de material de construção de loja em Lucas do Rio Verde
junho 30, 2022