26.4 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 31 outubro, 2020
Início SAÚDE Aumenta mortalidade materna no Brasil pela covid-19

Aumenta mortalidade materna no Brasil pela covid-19

Ministério da Saúde reforçou a importância do pré-natal e divulgou manual para atendimento a gestantes e puérperas durante a pandemia de covid-19.
Por Jonas Valente - Repórter da Agência Brasil - Brasília Atualizado em 28/08/2020 - 19:38

Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, foram identificadas 6 mil gestantes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo 2,7 mil infectadas com o novo coronavírus. O sistema da pasta registra também 221 mortes por SRAG, com 155 de mulheres com covid-19. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (28) durante entrevista online.

Testagem

As gestantes devem ser testadas para covid-19, mesmo se não apresentarem sintomas de infecção pelo novo coronavírus. A orientação faz parte de um conjunto de ações para este público e puérperas durante a pandemia previsto em portaria publicada nesta semana pelo Ministério da Saúde e em manual sobre o tema que será divulgado em breve.

Em entrevista online, gestores do órgão apontaram a necessidade de cuidados específicos com estas mulheres. Eles mencionaram estudo do Centro para Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos segundo o qual gestantes têm maior probabilidade de agravamento com internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), necessidade de ventilação e até mesmo evolução para morte.

Ainda conforme a pesquisa do CDC, gestantes com covid-19 possuem risco 1,5 vez maior de ir para a UTI e 1,7 mais chances de necessitar de ventilação mecânica do que as demais mulheres.

Por isso uma das medidas é a testagem, para identificar se a paciente foi infectada ou não. As orientações do Ministério da Saúde também incluem a importância de isolar a gestante para evitar a contaminação.

“Cabe ao poder público oferecer o isolamento. Pode ser em hotel, em casa de gestante. Mas aquela paciente precisa tomar todos os cuidados para não ser infectada”, destacou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente.

A professora titular do departamento de Obstetrícia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp e coordenadora do grupo que elaborou o manual de orientações, Rosiane Mattar, enfatizou a importância de manter o pré-natal, mesmo no cenário de pandemia.

“As grávidas precisam ser atendidas no pré-natal porque elas têm outras comorbidades ou podem ter dúvida. Para fazer isolamento uma parte do atendimento pode ser por teleatendimento.  Se é de baixo risco pode ficar em uma maternidade de baixo risco. Se tem quadro com algum agravamento, deve ir para hospital com UTI”, sugeriu.

Como mencionou a professora, as recomendações do Ministério da Saúde incluem a disponibilização de estruturas de atendimento como UTIs para o caso de agravamento. Rosiane Mattar afirmou que a covid-19 não implica a necessidade de cesariana. Mas pode aumentar a indicação. “Só que este procedimento pode acabar piorando a situação do paciente”, alertou.

O ministério anunciou ações da pasta para este público, como incentivo de R$ 800 para equipes da atenção primária com gestantes cadastradas, de R$ 7.280 para apoiar o isolamento de grávidas e puérperas e de R$ 10 mil para casas de gestante, bebê e puérpera em funcionamento para medidas de prevenção à covid-19.

Veja entrevista na íntegra

*Texto alterado às 19h37 para acréscimo de informações. 

 

[Boletim Covid-19 Lucas do Rio Verde – 28/08/2020] Boletim de Enfrentamento ao Coronavírus nº 162

São Paulo registra mais de 11 mil novos casos de covid-19 em 24 horas

 



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Encontro Estética das Periferias começa hoje em São Paulo

Um dos maiores eventos de artes da periferia das cidades brasileiras, o Estéticas das Periferias começa neste sábado (31), totalmente online. Nesta edição, que...

Polícia prende 5 motoristas por embriaguez ao volante no nortão

A Polícia Militar prendeu cinco pessoas por embriaguez ao volante, durante a Operação In Memorian, na madrugada deste sábado (31.10), em Sinop. O bloqueio policial...

Sobe para 26 total de mortos por terremoto na Turquia e Grécia

O terremoto que atingiu a região do Mar Egeu, entre a Turquia e a Grécia, deixou pelo menos 26 mortos nos dois países e...

Garotas de programa são estupradas após cair em golpe em Mato Grosso

Três garotas de programa registraram queixa depois de serem estupradas por três homens nessa sexta-feira (30), em Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, elas foram...
x