22.4 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 29 novembro, 2021
InícioMUNDOTempestade de poeira encobre cidade de MS e vendaval deixa rastro de...

Tempestade de poeira encobre cidade de MS e vendaval deixa rastro de destruição; situação de emergência é avaliada

Por Luana Ribeiro, G1 MS

Um vendaval deixou diversos estragos na tarde desta sexta-feira (15), em Dourados, região Sul do estado. A chuva, acompanhada de ventos de até 45 quilômetros por hora, chegou minutos depois de uma tempestade de poeira encobrir a cidade.

A prefeitura do município que está fazendo um levantamento dos danos e estuda decretar situação de emergência diante das perdas.


--Continua depois da publicidade--

De acordo com moradores, uma nuvem marrom gigante começou a se formar no horizonte, por volta de 12h30. Minutos depois, a chuva chegou com fortes ventos. Houve queda de muros, postes e árvores em diferentes pontos da cidade, incluindo a avenida Marcelino Pires, principal via do centro, onde o trânsito precisou ser interditado.

“Muita chuva e muito vento, já temos relatos de queda de muitas árvores, teto de empresas, equipamentos públicos como aqui na Secretaria de educação, então eu peço muito cuidado”, disse o prefeito, Alan Guedes.

Estragos

No Hospital Regional do município, a porta da recepção foi arrancada pela força do vento. Também foram registrados danos em indústrias da BR-163.

Ainda conforme a prefeitura, a Central de Atendimento telefônico da Guarda Municipal e da Defesa Civil de Dourados foram atingidas pelo temporal. Os trabalhos de reparo já foram iniciados, porém, ainda não uma previsão para a conclusão dos serviços.


--Continua depois da publicidade--

Por conta disso, o município disponibilizou, emergencialmente, o telefone (067) 98426-1010 para as demandas na cidade. Ainda não há um balanço parcial das ocorrências de quedas de árvores em Dourados. Os pedidos estão sendo registrados e as equipes enviadas aos locais, de acordo com a emergência e gravidade dos registros.

Apesar dos estragos, a chuva foi bem rápida, durou menos de uma hora. Choveu 11, 2 milímetros na cidade, de acordo com o meteorologista Natalio Abraão.

Fenômeno

A tempestade de poeira é um fenômeno chamado de “haboob”, segundo a meteorologista Valesca Rodriguez Fernandes.

“Ele é causado por temporais de chuva com ventos fortes que, ao entrarem em contato com o solo seco, encontram resquícios de queimada, poeira e vegetação, os quais acabam criando um ‘rolo compressor’ de sujeira que pode chegar a até 10 quilômetros de altura”, detalha Rodriguez.

Rodriguez, que também é especialista do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima em Mato Grosso do Sul (Cemtec-MS), detalhou que o fenômeno meteorológico registrado no estado é o mesmo visto no interior de São Paulo, nos últimos dias.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Redes sociais

107,362FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,091SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Após dois anos sem se apresentar ao público, Orquestra Sinfônica Jovem interpreta clássicos do cinema
novembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Curso de conserva de frutas leva às participantes mais uma alternativa de fonte de renda
novembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Acadêmicos da UAB/UFMT apresentam cases relacionados às políticas públicas
novembro 28, 2021
Lucas do Rio Verde
Covid-19: Confira como será o esquema de vacinação das três doses na próxima semana
novembro 27, 2021