SP tem fila na porta de shopping no 1º sábado de reabertura das praças de alimentação para o público e horário ampliado

0
coronavirus
© Fernando Frazão/Agência Brasil

A cidade de São Paulo registrou neste sábado (11) uma grande fila na porta de um shopping na região da Avenida Paulista neste primeiro fim de semana de reabertura para o público das praças de alimentação, e também do horário ampliado de atendimento dos shoppings, que passaram a abrir 6h por dia.

O flagrante da fila foi registrado por volta das 16h na porta do shopping Pátio Paulista, que fica na esquina da Avenida Paulista com a Praça Oswaldo Cruz, na região do Paraíso. A fila dobrava o quarteirão do início da operação no estabelecimento.

Assim como os bares, restaurantes e salões de beleza, as praças de alimentação dos shoppings também tiveram autorização da prefeitura da capital para retomarem o atendimento público na fase amarela do Plano SP de flexibilização da economia, do governo do estado.

Pelo protocolo assinado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) no último dia 4 de julho, as praças de alimentação têm o horário de funcionamento atrelado ao dos shoppings, que estão autorizados a funcionar das 6h às 12h ou das 16h às 22h. Já nos bares e restaurantes fora dos shoppings, o horário de funcionamento também é de 6h por dia, mas as portas precisam ser fechadas até as 17h.

Apesar disso, o setor de alimentação dentro dos shoppings centers da capital precisam seguir as mesmas orientações de higiene e distanciamento dos estabelecimentos de rua.

Entre as normas sanitárias que precisam ser cumpridas por todos os estabelecimentos de alimentação e bebidas, dentro ou fora dos shoppings, estão:

  • Ocupação máxima de 40% da capacidade do estabelecimento;
  • Distância de 2 metros entre as mesas e de 1,5 metro entre as pessoas;
  • Máximo de 6 pessoas por mesa;
  • Proibição de consumo nas calçadas;
  • Atendimento deve ser feito apenas para clientes sentados;
  • Uso obrigatório de máscaras por clientes e funcionários no estabelecimento. (Apenas quando estiver sentado em sua mesa, o cliente poderá deixar de utilizar a máscara);
  • Proibição de aglomerações;
  • Disponibilizar álcool gel para higienização das mãos;
  • Barreiras de acrílico devem ser instaladas nos caixas e balcões de alimentos;
  • Temperos e condimentos devem ser fornecidos em sachês;
  • Cardápios deverão ser disponibilizados digitalmente ou em quadros na parede;
  • Funcionários devem usar máscaras, viseiras de acrílico e luvas;
  • Pratos, copos e talheres devem ser higienizados;
  • Guardanapos de tecido estão proibidos;
  • Ambiente deve ser submetido a um intenso processo de limpeza;
  • Funcionários que apresentarem sintomas de síndrome gripal devem ser testados;
  • Apoio a colaboradores com dependentes no período em que creches e escolas estiverem fechadas.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (22/09/2020)


Amazonia 03 de Junho