23.3 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 15 abril, 2021
InícioMUNDOSaiba como o Governo Federal atua contra a Covid-19 desde o começo...

Saiba como o Governo Federal atua contra a Covid-19 desde o começo da crise

Desde janeiro de 2020, ao ser comunicado sobre o novo coronavírus, o país tem agido para salvar vidas
Por CenarioMT

O Governo Federal, atento e preocupado com a situação do avanço dos casos de Covid-19 no país, desde que foi informado sobre a doença, tem atuado em diversas frentes, incansavelmente, para garantir a assistência necessária a todos os estados e municípios. Em janeiro de 2020, ao saber da existência de um novo vírus, o Ministério da Saúde notificou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em portos, aeroportos e fronteiras, além do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e secretarias estaduais e municipais de Saúde para o monitoramento de eventos incomuns.

Acompanhe a linha do tempo das primeiras ações dos órgãos da Administração Pública Federal:


--Continua depois da publicidade--

31/12/2019

China notifica OMS sobre casos de pneumonia de causa não identificada em Wuhan. O Ministério da Saúde do Brasil acompanha o assunto.

07/01/2020

China isola e identifica um novo tipo de vírus, denominado novo coronavírus (2019-nCoV).

12/01/2020

China compartilha a sequência genética do 2019-nCoV.

20/01/2020

Ministério da Saúde do Brasil notifica a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em portos, aeroportos e fronteiras. Também comunica o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e secretarias estaduais e municipais de Saúde para o monitoramento de eventos incomuns.


--Continua depois da publicidade--

22/01/2020

Não há detecção de casos suspeitos no Brasil. Suspeita noticiada pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais não se enquadra na definição.

22/01/2020

Ministério da Saúde instala Centro de Operações de Emergência (COE – Coronavírus) para monitorar situação junto à Organização Mundial de Saúde (OMS) e inicia preparação da rede pública.

26/01/2020

OMS aumenta nível de alerta para alto em relação ao risco global do novo coronavírus. China como um todo é considerada região de transmissão ativa do vírus.

27/01/2020

Brasil ainda não tem casos suspeitos, mas COE mantém estados atualizados sobre situação na China. Caso relatado no Hospital Icaraí, no Rio de Janeiro (RJ) é descartado.

28/01/2020

Ministério da Saúde notifica um caso suspeito em Minas Gerais. Também pede que estados atualizem planos de contingência.

28/01/2020

Brasil orienta que população evite viagens desnecessárias à China.

28/01/2020

Ministério da Saúde e COE monitoram três casos suspeitos no Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR).

29/01/2020

Ministério da Saúde promove videoconferência com profissionais de todo o Brasil para traçar estratégias e visualizar panorama nacional.

29/01/2020

Ministério da Saúde publica edição de podcast Pausa para Saúde com principais informações disponíveis sobre novo coronavírus.

30/01/2020

OMS declara Emergência de Saúde Pública Internacional para o novo coronavírus (2019-nCoV). Não há casos confirmados no Brasil. Entretanto, o Ministério da Saúde licita mil novos leitos nos hospitais de referência indicados pelos estados para acolher possíveis casos.

30/01/2020

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebe fragmento não infectante do coronavírus para testes e capacitação.

30/01/2020

Governo do Brasil publica o Decreto nº 10.211/2020, que reativa o Grupo Executivo Interministerial de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional e Internacional (GEI-ESPII). O objetivo é coordenar a articulação de medidas de preparação e de enfrentamento ao vírus.

30/01/2020

Anvisa faz a primeira inspeção de saúde de voo originário da China, com escala em Madri (Espanha), no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP). São aproximadamente 200 passageiros orientados.

03/02/2020

Fiocruz implanta sala de situação para analisar, semanalmente, possíveis casos identificados e ações de combate ao coronavírus.

03/02/2020

Ministério da Saúde anuncia o aumento do nível de alerta em saúde de “perigo iminente” para “emergência em saúde pública”. A mudança facilitará o processo de repatriamento de brasileiros que estão na cidade de Wuhan, na China, epicentro do surto de coronavírus.

04/02/2020

Presidente da República encaminha projeto de lei ao Congresso Nacional que define as medidas sanitárias para enfrentamento do novo coronavírus. Medida auxiliará na repatriação de brasileiros em Wuhan (China), epicentro do vírus com 70% dos casos.

04/02/2020

Câmara aprova o Projeto de Lei (PL 23/20), do Poder Executivo, que estabelece as medidas a serem adotadas pelas autoridades sanitárias em caso de emergência de saúde pública provocada pelo coronavírus. A matéria foi enviada ao Senado Federal.

05/02/2020

Partida, da Base Aérea de Brasília/DF, de duas aeronaves de uso exclusivo da Presidência da República para a primeira missão de repatriação.

05/02/2020

Senado Federal aprova Projeto de Lei (PL 23/20), do Poder Executivo, que estabelece as medidas a serem adotadas pelas autoridades sanitárias em caso de emergência de saúde pública provocada pelo coronavírus. Matéria segue para sanção presidencial.

06/02/2020

Fiocruz concluiu a capacitação técnica de representantes de nove países da América Latina para o diagnóstico laboratorial do novo coronavírus. A iniciativa é resultado de parceria entre o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

07/02/2020

Diário Oficial da União publica a Lei nº 13.979/2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus.

08/02/2020

Ministério da Saúde e a Anvisa publicaram as recomendações com todo o detalhamento dos procedimentos para a quarentena dos brasileiros que partiram de Wuhan, na China, epicentro dos casos do novo coronavírus.

09/02/2020

Às 6h5, pousou, na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis (GO), a primeira aeronave VC-2, da Operação Regresso, da Força Aérea Brasileira (FAB), com os repatriados vindos de Wuhan, na China. A segunda tocou o solo dez minutos depois. Ao todo, chegaram 58 pessoas, incluindo os militares da FAB, médicos do Ministério da Saúde, diplomatas e profissional da Empresa Brasil de Comunicações (EBC) que fez a cobertura jornalística da viagem. Início da quarentena de 18 dias.

11/02/2020

As 58 pessoas em quarentena na Operação Regresso foram testadas para o novo coronavírus. Todos os resultados foram negativos.

13/02/2020

Ministério da Saúde recebeu os planos de contingência para o novo coronavírus dos 26 estados. Plano do Distrito Federal está em fase de conclusão.

14/02/2020

Profissionais de Saúde da Operação Acolhida concluem capacitação profissional para lidar com possíveis casos do novo coronavírus. O treinamento foi feito pela Anvisa e formou multiplicadores para a capacitação de militares e civis empregados nos atendimentos aos migrantes e refugiados venezuelanos nas cidades de Boa Vista e Pacaraima, em Roraima.

18/02/2020

Anvisa e Vigilâncias Epidemiológicas do estado de São Paulo e do município de Santos abordam navio chinês Kota Pemimpin para inspeção preventiva contra o novo coronavírus, já que a embarcação teve o relato de dois casos com sintomas de tosse e febre.

19/02/2020

Brasil apresentou expertise na vigilância de doenças transmissíveis a países do Mercosul, incluindo o novo coronavírus.

21/02/2020

Ministério da Saúde inclui passageiros oriundos do Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja (além da China) na lista de critérios para definição de caso suspeito para o novo coronavírus.

23/02/2020

Grupo de 58 pessoas que estavam em quarentena na Base Aérea de Anápolis (GO) foi liberado. Assim, chegou ao fim a Operação Regresso à Pátria Amada Brasil.

24/02/2020

Ministério da Saúde inclui novos países na lista de critérios para definição de caso suspeito para o novo coronavírus. Passageiros oriundos da Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália e Malásia passam, também, a serem monitorados.

26/02/2020

Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus.

26/02/2020

Anvisa reforça monitoramento após confirmação do primeiro caso de conoravírus no Brasil.

28/02/2020

Ministério da Saúde lança campanha de prevenção ao novo coronavírus.

29/02/2020

Ministério da Saúde disponibilizou aplicativo para celular com informações sobre o coronavírus. Disponível tanto para sistema Android quanto iOS.

02/03/2020

Ministério da Saúde distribuirá 30 mil kits para teste diagnóstico (protocolo de Berlim) específico para a Covid-19. Os testes serão produzidos pelo laboratório de Biomanguinhos da Fiocruz.

02/03/2020

Governo Federal adota novo fluxo para casos suspeitos. As secretarias estaduais ficam responsáveis por fazer a análise dos próprios casos e enviam os dados mais refinados para o Ministério da Saúde. Medida dá agilidade de resposta à doença.

04/03/2020

Ministério da Saúde amplia para 31 o número de países monitorados pelo Brasil por apresentarem transmissão interna do coronavírus.

06/03/2020

Lista de critérios do Ministério da Saúde para definição de caso suspeito para o novo coronavírus passa a valer para todos os passageiros oriundos da América do Norte, Europa e Ásia, além do Equador e da Austrália, que apresentem sinais e sintomas da doença.

09/03/2020

Ministério da Saúde abrirá edital do Mais Médicos para chamar 5 mil profissionais para reforçar a capacidade de assistência em Saúde durante a emergência do coronavírus. Capitais e grandes centros urbanos voltam a participar do programa visto que são locais com maior concentração de pessoas, o que ajuda a ampliar a circulação do coronavírus.

09/03/2020

Brasil amplia monitoramento com testagem de síndromes gripais. Os exames para coronavírus serão feitos em pessoas que não viajaram ao exterior nem tiveram contato no Brasil com casos confirmados. A medida vale para amostras com resultado negativo para outros vírus gripais em cidades com casos confirmados da doença, tanto na rede pública quanto na rede privada.

11/03/2020

OMS declara pandemia do novo coronavírus. Ou seja, a doença já está espalhada por diversos continentes com transmissão sustentada entre as pessoas.

13/03/2020

Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal liberarão R$ 75 bilhões em crédito para empresas com dificuldades financeiras por causa da pandemia do novo coronavírus.

16/03/2020

Ministério da Economia divulga medidas emergenciais de até R$ 147,3 bilhões para combater o impacto da Covid-19.

Ministério da Saúde publica a Portaria nº 395, estabelecendo recursos no valor de R$ 424.154 milhões para ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Até essa data, o Brasil tinha 234 casos confirmados, e o Governo Federal já tinha tomado várias ações para conter a doença no país.

Quer ficar por dentro das informações corretas sobre as ações do Governo Federal neste e em outros temas, acompanhe o perfil do SecomVc no Facebook


Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

NOVO DECRETO
Em vídeo, Miguel Vaz fala sobre novo decreto e pede atenção da sociedade para prevenção a covid-19
abril 15, 2021
GERAL
Moradora de Lucas do Rio Verde ganha R$ 10 mil no sorteio do Programa Nota MT
abril 15, 2021