15.9 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 07 maio, 2021
InícioMUNDOPrograma Vigia: Governo quer ampliá-lo para 11 estados da fronteira

Programa Vigia: Governo quer ampliá-lo para 11 estados da fronteira

Por CenárioMT/Gau Figueirêdo

O Ministério da Justiça e Segurança Pública pretende ampliar até o fim de 2020 o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia) para todos os estados brasileiros que se encontram na fronteira. No último dia 15 de abril o programa completou um ano.

Segundo o ministério, o objetivo é reduzir a capacidade financeira das organizações criminosas para impedir a entrada no país de drogas, armas, cigarros e produtos de contrabando. Em abril de 2019 o programa foi implantado como um projeto piloto na cidade de Guaíra, localizada no Paraná, através da Operação Hórus.


--Continua depois da publicidade--

Em menos de um ano alcançou outros 7 estados: Acre, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia e Roraima, além das divisas de Goiás e do Tocantins. Para este ano a meta é que o Vigia alcance maior abrangência com sua implementação nos estados do Amapá, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e mais três divisas brasileiras.

O conceito básico do programa é de vigilância, integração, governança, interoperabilidade e autonomia para atuar conforme os pilares de forma integrada com as instituições e agentes de segurança na aquisição de equipamentos, assim como sistemas de comunicação e viaturas, além de capacitar e investir na qualificação profissional.

Segundo informações do próprio ministério, no último ano a operação provocou prejuízos superiores a R$ 750 milhões para as organizações criminosas. Até este mês o programa conseguiu apreender mais de 125 toneladas de drogas, 50 milhões de maços de cigarros, 1350 veículos roubados e recuperados e mais de 137 embarcações roubadas.

Devido a pandemia do novo coronavírus o programa Vigia tem se centralizado no enfrentamento da disseminação da doença. Dessa forma, os agentes federais e estaduais que trabalham na operação Hórus atuam em barreiras sanitárias nas 17 cidades fronteiriças.


--Continua depois da publicidade--

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

PRIMEIRO ESCALÃO
Por motivos pessoais, Franz deixa Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Lucas do Rio Verde
maio 06, 2021
COVID-19
Prefeito de Lucas explica flexibilização do novo decreto: ‘Saímos de risco muito alto, para risco alto’
maio 06, 2021