20.2 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 30 julho, 2021
InícioMUNDOPrefeitura de Araguaína mostra espaço de vacinação contra Covid-19 vazio: 'Vacinar o...

Prefeitura de Araguaína mostra espaço de vacinação contra Covid-19 vazio: ‘Vacinar o vento não dá’

Por Patrício Reis, G1 Tocantins

Enquanto muitas pessoas estão ansiosas para receber a vacina contra o coronavírus, em Araguaína, no norte do Tocantins, teve espaço de vacinação vazio nesta sexta-feira (9). A cidade é a segunda mais impactada pela pandemia no Tocantins e atualmente está vacinando moradores com mais de 40 anos. A diretora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Samilla Braga, explicou que a baixa procura tem sido registrada em todos os postos de vacinação e também está ligada às pessoas que querem escolher o imunizante – os chamados ‘sommelier de vacina’.

Um vídeo publicado nas redes sociais, pelo perfil oficial da Prefeitura de Araguaína, mostra um dos principais pontos de vacinação da cidade, o Poliesportivo Pedro Quaresma, completamente vazio. O atendimento no local segue até às 17h30.


--Continua depois da publicidade--

Na publicação o município afirma que as imagens foram gravadas às 12h20 e a falta de público não estava relacionada ao fim de expediente, à falta de vacinas ou de funcionários.

“O Boletim Covid traz ainda diariamente um alto índice de mortes e números altos. Será que os araguainenses perderam o medo e se sentem confortáveis, achando que não há mais perigo?”, questiona o município.

 

A publicação seguiu em tom de desabafo: “E ainda tem quem reclame que a vacinação está lenta, que não estamos trabalhando direito, que isso, que aquilo. Mas vacinar o vento não dá [sic]”.

Baixa procura e ‘sommelier de vacina’

 


--Continua depois da publicidade--

A diretora de imunização da Secretaria Municipal de Araguaína, Samilla Braga, explicou que abaixa procura pela vacinação contra a Covid-19 vem ocorrendo desde o final da semana passada. O município fez duas reduções de faixa etária e após a primeira procura o público volta a cair novamente.

Segundo a diretora, o município tem registrado muitos casos de pessoas que querem escolher qual imunizante tomar. “A pessoa pergunta qual é a vacina, não é do gosto dela aí vira as costas e vai embora”, comentou.

 

Atualmente o imunizante que o município tem disponibilizado nos postos é da AstraZeneca. A diretora afirmou que o motivo da baixa procura pode estar relacionada ao fato do município não estar fechando as faixas etárias e vacinando pessoas de etapas anteriores. Só que isso deve mudar na próxima semana.

“A partir da próxima semana a gente vai vacinar o grupo que está em divulgação e não vamos mais ficar com o grupo aberto. Teremos uma repescagem para os grupos prioritários e partir daí somente a faixa etária que está sendo divulgada. Quem não aproveitou a oportunidade vai ter que aguardar a repescagem de faixa etária porque teve muita oportunidade e não foi”, explicou.

Nesta sexta-feira (9) Araguaína registrou 113 novos casos de coronavírus. A cidade acumula 34.412 casos, além de 475 mortes desde o início da pandemia. O último boletim epidemiológico do município aponta para uma ocupação de 82% dos leitos de UTI Covid públicos.

A cidade recebeu 108.714 doses de imunizantes e fez 84.846 aplicações, sendo 63.540 referentes à primeira dose e 21.306 da segunda.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

PREVILUCAS
Previlucas nomeia novo diretor executivo da autarquia
julho 30, 2021
ENSINO TÉCNICO
Com nova sede, Seciteci de Lucas do Rio Verde prevê início de novas turmas a partir de agosto
julho 30, 2021