População recupera corais marinhos destruídos por tsunami no Sri Lanka

0

A população do Sri Lanka depositou mudas de coral no leito marinho, antes da data que marca os 15 anos do catastrófico tsunami de 2004 no Oceano Índico. A nação foi uma das mais castigadas pelo desastre.

Uma organização não governamental (ONG) iniciou o programa no sábado (21), cinco dias antes da data que marca a tragédia, ao largo da costa da vila de Seenigama, no sudoeste do país.

FILE PHOTO: A woman wanders around the rubble in the commercial center of the town of Galle, southern Sri Lanka, on January 30, 2005 after it was flattened by the December 26 tsunami. REUTERS/Desmond Boylan/File Photo FROM THE FILES- 15TH
Mulher anda sobre escombros do centro comercial da cidade de Galle, no Sri Lanka. Área foi atingida pelo  tsunami de 2004 REUTERS/Desmond Boylan/Arquivo

A região era conhecida como um dos principais habitats para corais. Contudo, amplas áreas repletas de recifes de coral foram destruídas pelo tsunami.

Membros da ONG partiram do litoral em um barco, colocaram um suporte de concreto para o cultivo no fundo do mar a quatro metros da superfície, e depositaram na plataforma mudas de coral com aproximadamente 2 centímetros de altura.

A expectativa do grupo é de que as mudas cresçam entre 10 e 15 centímetros de altura em um ano, se o desenvolvimento ocorrer como esperado.

Um membro da ONG disse que conseguia se lembrar dos fragmentos de coral atingindo as praias após o tsunami. Ele acrescentou que seu grupo quer apoiar a economia e o turismo local através da proteção e estímulo dos corais.

O tsunami do dia 26 de dezembro de 2004 deixou mais de 220 mil pessoas mortas ou desaparecidas.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (08/08/2020)


Amazonia 03 de Junho