34.1 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 02 dezembro, 2020
Início MUNDO PM faz operação na Praça Seca; morador morreu após tiroteio na noite...

PM faz operação na Praça Seca; morador morreu após tiroteio na noite de segunda

Por G1

Um morador morreu depois de um intenso tiroteio na noite de segunda-feira (27) na Praça Seca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. A informação foi confirmada pela Polícia Militar, que faz uma operação de inteligência no Morro da Barão na manhã desta terça-feira (28).

O morador chegou a ser levado para o Hospital Carlos Chagas, mas não resistiu.

“Durante o cerco que fizemos, fomos recebidos por disparos oriundos dos marginais. Houve um revide por parte dos policiais militares e essa vítima teria descido do alto da comunidade num veículo escuro, em alta velocidade, com o farol alto aceso”, explicou por telefone, em entrevista ao Bom Dia Rio, o porta-voz da corporação, coronel Mauro Fliess.

O porta-voz disse ainda que “o veículo se chocou com um poste ou muro, ou algo parecido”. A vítima, segundo ele, foi socorrida e “também estava ferida por um disparo de arma de fogo e não resistiu”.

“Nesse momento, equipes da Polícia Civil junto com equipes da Polícia Militar estão procurando identificar essa pessoa e reconhecer a dinâmica em que ela foi ferida”, disse Fliess.

Idosa ferida por tiro de fuzil

Um parente da vítima disse, no entanto, que se trata de uma idosa de mais de 80 anos que estava assistindo televisão em casa, por volta das 19h, quando foi atingida por um tiro de fuzil.

O tiro teria atingido a coxa da idosa e chegou à virilha. Ela foi levada para o CTI de uma unidade de saúde particular.

Helicópteros sobrevoam a região

Por volta das 7h, dois helicópteros blindados da PM sobrevoavam a região. Os policiais desembarcaram no alto do morro, numa área de mata, e estão em busca de armas e drogas. O local liga várias comunidades entre as zonas Oeste e Norte do Rio e é usado por traficantes pela facilidade de acesso.

O patrulhamento da PM foi reforçado ainda durante a madrugada.

Uma disputa de território entre criminosos aterrorizou moradores, que tiveram dificuldade de retornar para casa. O tiroteio só parou por volta de meia-noite.

Carros do Batalhão de Operações Especiais (Bope) fizeram um cerco na região.

Vídeos de moradores registraram o intenso tiroteio, que começou por volta das 18h. Os moradores usaram as redes sociais para desabafar:

“Mais de 3 horas de guerra na Praça Seca”.

“Os moradores querem paz. Não aguentam mais a guerra”.

Novas estratégias após decisão do STF

Para Fliess, depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que restringiu as operações policiais nas comunidades do Rio durante a pandemia, é preciso buscar novas estratégias de atuação da polícia, inclusive com o uso de tropas especiais, para surpreender os bandidos.

“Dentro desse contexto que estamos vivendo, sobre essa decisão do STF, que respeitamos e cumprimos integralmente, e só iremos atuar em caso de excepcionalidade, mas precisamos reconhecer que a nossa atuação constante, de forma planejada, dentro de áreas conflagradas, que visam salvar vidas, visam preservar deslocamento, essa disputa territorial que faz parte da história do Rio de Janeiro”, disse.



Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas

PM intercepta suspeitas com droga que seria levada para Rondonópolis

Policiais militares do 1º Pelotão de Pedra Preta (a 238 km de Cuiabá) prenderam nesta terça-feira (1º.12), duas mulheres por tráfico de droga, na...

Sem habilitação e em alta velocidade, motociclista é encaminhado à delegacia

Uma equipe da Força Tática em Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia nesta terça-feira (1º.12), um homem por direção...
Publicidade
x