21 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 16 junho, 2021
InícioMUNDONACIONALPRF recupera veículos em grande operação na Transamazônica

PRF recupera veículos em grande operação na Transamazônica

Por Nucom.PA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou entre os dias 12 e 15 de novembro, na cidade de Santarém, uma grande operação na Transamazônica, que teve como objetivo a recuperação de veículos adulterados, roubados ou furtados que circulavam na rodovia. A operação resultou na recuperação de 5 motocicletas, incluindo a apreensão de  documentos falsos, item ligado à fraude veicular.

Em uma das fases da operação, na segunda-feira (12), a PRF abordou por volta das 12h, na BR 230, km 982, no município de Rurópolis/PA, o veículo Fiat/Uno, a princípio sem placas de identificação. Durante os procedimentos, o proprietário do veículo apresentou o CRLV do veículo  registrado no Município de Itaituba/PA. Após verificação dos elementos identificadores constatou-se que o NIV constante no veículo apresentava sinais de ter sido implantado, através do número do motor chegou-se ao veículo Fiat/Uno, registrado no Município de Ponta Grossa/PR. Diante das informações obtidas foi constatada, a princípio, ocorrência de adulteração de sinal identificador de veículo automotor.


--Continua depois da publicidade--

Em outro momento da operação, na terça-feira (13), os policiais abordaram na BR-163, km 798,. no município de Rurópolis/PA, a motocicleta Honda/CG 125 Titan KS, sem placa. Após análise dos elementos identificadores do veículo e consulta aos sistemas, constatou-se que o referido veículo apresentava placa original com ocorrência de furto no dia 03/11/2014, em Novo Progresso/PA. A mãe do condutor do veículo, compareceu no local da fiscalização e assumiu a propriedade da motocicleta. A mesma afirmou que a adquiriu de um indivíduo de nome “Nildo” pelo valor de R$ 2.000.00 reais, também configurando o crime de receptação.

Já na quarta-feira (14), conjuntamente com a Polícia Militar e Civil foram recuperadas 3 motocicletas, todas na Avenida Presidente Médici. Durante a fiscalização, o grupo tático abordou a motocicleta Honda/CG 125, por volta das 20h30min, constando ocorrência de furto no dia 30/09/2011, em Porto Velho/RO, sendo adquirida pelo valor de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) pelo condutor. As duas outras motocicletas foram roubadas/furtadas nas cidades de Altamira e Medicilândia, respectivamente, totalizando assim, R$7,000,00 (sete mil reais) no crime de receptação.

O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinárias da PRF e ações pontuais  são realizadas quando se verifica uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do Estado. No Pará a cidade de Rurópolis concentra grande quantidade de veículos roubados.

Como funciona o crime


--Continua depois da publicidade--

O crime de fraudes veiculares resulta em múltiplas vítimas e está dividido em três fases distintas: o roubo, a adulteração e a revenda.

Na primeira fase temos claramente identificada a primeira vítima, que é a pessoa que teve seu veículo furtado ou roubado e, neste último caso, frequentemente com o uso de violência por parte dos criminosos.

Na segunda fase, a adulteração, os criminosos trocam a identificação do veículo e seus documentos para que pareça ser um veículo regular, também conhecida como clonagem. Neste momento o veículo recebe placas de outro veículo idêntico e o proprietário desse veículo, que se encontra em situação regular, torna-se a segunda vítima dos criminosos pois passa, muitas vezes, a receber multas de trânsito por infrações relacionadas ao veículo clonado.

A terceira e última fase é a revenda, alimentada pelo comércio ilegal desses veículos clonados, muitas vezes negociados em sites na internet por valores inferiores ao preço real do veículo. Nesta terceira fase do crime temos a terceira vítima em potencial, o comprador que, inadvertidamente, passa a ter a posse do veículo clonado.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

SEGURANÇA
Polícia investiga localização de cadáver em estrada que dá acesso a rio em Lucas do Rio Verde
junho 16, 2021
Mato Grosso
Lucas do Rio Verde e outros 26 municípios estão com risco muito alto de contaminação pela Covid-19
junho 16, 2021