28.3 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 01 dezembro, 2020
Início MUNDO NACIONAL PRF apreende 54,25 m³ de madeira ilegal em Altamira

PRF apreende 54,25 m³ de madeira ilegal em Altamira

Por Nucom.PA

Durante a madrugada desta quinta-feira(17), na BR-230, km 630,0, no município de Altamira/PA, a PRF apreendeu 54,25 m³ em três abordagens. A primeira apreensão da noite foi realizada quando o condutor do caminhão VW 24.250, que transportava madeira serrada, apresentou duas notas fiscais, uma que descrevia 17 m³ de madeira serrada da espécie Maçaranduba oriunda de uma empresa sediada em Mutum-MT, acompanhada de Guia Florestal de Mato Grosso e a outra oriunda de uma empresa sediada em Uruará-PA, descrevendo quase 2 m³ de Assoalho da espécie Ipê, sem a cobertura do respectivo documento de origem florestal. A medição volumétrica da carga indicou que o veículo transportava 21,8 m³ de madeira, portanto o veículo estava com 4,8 m³ de madeira sem a devida cobertura do documento de origem florestal.

O segundo flagrante foi realizado no mesmo local e horário, por outra equipe da PRF, que abordou o caminhão Ford Cargo 2428, o qual também transportava madeira serrada. Na ocasião, o motorista apresentou a Guia Florestal de Mato Grosso e duas notas fiscais, uma que descrevia 17 m³ de madeira serrada da espécie Maçaranduba, oriunda da mesma empresa sediada em Mutum-MT, flagrada na ocorrência anterior, e a outra emitida em nome da mesma empresa de Uruará-PA, também flagrada na ocorrência anterior. A nota descrevia o mesmo quantitativo apreendido anteriormente, ou seja, quase 2 m³ de Assoalho da espécie Ipê, sem a cobertura do respectivo documento de origem florestal. A medição volumétrica da carga indicou que o veículo transporta 21,5 m³ de madeira, assim sendo, o veículo estava com 4,5 m³ de madeira sem a devida cobertura do documento de origem florestal.

A terceira e última apreensão da madrugada ocorreu às 02h45, no mesmo local, quando os policiais abordaram o condutor do veículo Vw/24.280 Crm 6×2, de cor preta, transportando 32,45m³ de madeira sem o Documento de Origem Florestal. O condutor apresentou duas notas fiscais emitidas por uma empresa sediada no município de Senador José Porfírio-PA, constando 16,1230m³ de madeira de subproduto florestal para uso do tipo assoalho na espécie guajará e 11,1850m³ de madeira de subproduto florestal para uso de tipo assoalho na espécie muiracatiara, totalizando 27,308m³, confirmando excesso de madeira transportada. Ao ser questionado, o condutor alegou que embarcou a carga em Uruará-PA, e achou que a documentação estava correta.
Os três condutores foram enquadrados no Artigo 46 da lei de crimes ambientais, conforme termo circunstanciado de ocorrência lavrado para cada caso.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Preso suspeito de estuprar e matar idosa na frente do marido em Mato Grosso

Foi preso na madrugada de hoje, terça-feira (1º) o homem suspeito de ter ter estuprado e matado uma idosa, 65 anos,  no último domingo...

Delegados ministram palestra para crianças e adolescentes em Porto Alegre do Norte

A Polícia Civil de Porto Alegre do Norte (663 km a médio norte) realizou, na quarta-feira (18.11) uma visita na  Associação de Acolhimento Cantinho...

Secretário é internado e passa por exames

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi internado em um leito de Terapia Intensiva (UTI) na noite de segunda-feira (30.11). Ele realizou diversos...

Helicóptero que combatia incêndio cai no Pantanal de Mato Grosso e piloto morre

Um helicóptero do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) caiu no Pantanal, na divisa de Mato Grosso e Mato...
Publicidade
x