30.2 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 24 novembro, 2020
Início MUNDO NACIONAL Crueldade: homem é suspeito de esquartejar mãe e colocar restos mortais em...

Crueldade: homem é suspeito de esquartejar mãe e colocar restos mortais em mala

Cabeça da vítima foi encontrada na manhã desta segunda-feira (27)
Por Cenário MT com inf. O Tempo

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Santa Luzia, em Minas Gerais, está investigando um bárbaro crime que foi descoberto na última sexta-feira (24). Restos mortais de uma mulher foram encontrados dentro de uma mala e o principal suspeito do crime, é o próprio filho, um homem de 30 anos.

Porém, a cabeça da vítima não estava no mesmo lugar e foi encontrada na manhã desta segunda-feira (27) em um terreno entre os municípios de Santa Luzia e Belo Horizonte.

De acordo com o portal O Tempo, peritos criminais encontraram na mala, junto ao corpo, um manuscrito da vítima com seu nome a participação dela no EJA – Educação de Jovens e Adultos.

“Os policiais militares e civis conseguiram identificar câmeras de circuito de segurança que identificaram o carro que deixou a mala”, explicou a delegada titular do inquérito, Adriana Rosa, da Delegacia de Homicídios de Santa Luzia no sábado (25), ao O Tempo.

Ainda segundo a policial, a Saveiro tinha uma propaganda que fazia carretos (fretes) e foi possível chegar até o motorista, em Santa Luzia. O condutor do veículo contou à polícia que foi procurado por um vizinho que pediu o carreto (frete) pelo valor de R$ 50. Ainda conforme o homem, o suspeito foi quem transportou a mala e outros objetos para caçamba do carro.

“Chegando ao local em que a mala foi deixada, o autor pediu que o motorista parasse para deixar aqueles pertences para que outras pessoas, eventualmente, pegassem. Chegamos a identificação dele e a prisão foi realizada dentro de uma igreja no bairro Londrina, em Santa Luzia”, detalhou a policial.

Em conversa com os policiais, o homem apresentou fala desconexa, estava confuso e não passou nenhuma informação do crime. Familiares afirmam que o homem tem transtorno mental e constantemente tinha atritos com a mãe. No entanto, não há informações de agressões anteriores. O agressor não trabalhava e também tinha problemas com drogas. Ele estaria sozinho com a mãe na residência já que o companheiro da mulher estava trabalhando em outra cidade.

“Nós ainda não sabemos qual foi o start do dia para a motivação desse crime cruel. A família ainda está no processo de absorção de tudo que aconteceu e não foi nos passado detalhadamente o tipo de transtorno que ele tem. Acreditamos que o crime tenha acontecido de quinta para sexta-feira”, afirmou Adriana.

O homem já possui dois registros criminais, sendo por uso de documento falso e estupro de vulnerável, a qual ficou dois meses e meio preso, no ano de 2012.



- Publicidade -

Últimas

Sine-MT inicia semana com mais de 2 mil vagas de emprego

O Sistema Nacional de Emprego (Sine), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), inicia a semana com 2.228 vagas...

Concessão de rodovias no Médio Norte de MT atrai investidor após leilão deserto em 2018

O lote de rodovias no Médio-Norte de Mato Grosso, o Lote 2, abrange 233,2 quilômetros as MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, na região de Tangará da Serra,...

“É a terceira vez que a primeira-dama nos atende e sabemos que podemos contar sempre com ela”, diz presidente do movimento dos catadores

Famílias carentes que sobrevivem da reciclagem e da coleta de materiais descartados no Aterro Sanitário de Cuiabá foram beneficiadas com cestas básicas e kits...

Orçamento de 2021 prevê investimentos de R$ 2,1 bilhões em Mato Grosso

As diretrizes do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021 foram apresentadas nesta terça-feira (24.11) para deputados estaduais e representantes da sociedade civil...
Publicidade
x